i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Thiago de Aragão

Foto de perfil de Thiago de Aragão
Ver perfil
Agenda

O impeachment de Trump e o poder da narrativa

  • PorThiago de Aragão
  • 27/09/2019 18:00
Foto: Mandel Ngan/AFP
Foto: Mandel Ngan/AFP| Foto: Mandel Ngan/AFP

Quando Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos, muitos se perguntavam qual teria sido a fórmula de sucesso para esse feito tão extraordinário. As habilidades de Trump sempre foram questionáveis, assim como seus métodos. No entanto, sua capacidade de prender o outro dentro de uma narrativa inventada por ele mesmo faz de Trump um hipnotizador não só das plateias mais suscetíveis a serem influenciadas, mas até de quem se posiciona radicalmente contra ele.

Existem inúmeras formas de controlar uma narrativa. Politicamente, quem comanda a dinâmica das histórias contadas e das realidades percebidas controla também o alcance do poder que elas têm. A narrativa ostensiva, utilizada por Trump (e também por Bolsonaro, Boris Johnson, Maduro) faz com que o ritmo do que é dito parta de palavras e ações do próprio presidente dos EUA. Nesse caso, Trump eleva a velocidade de divulgação de opiniões, ações, decisões, elucubrações e, assim, torna prisioneiros grande parte do noticiário, formadores de opinião e sociedade dentro dessa esfera temática a qual ele comanda.

Esse processo narrativo traz inúmeras vantagens pelo fato de que se pode ditar o ritmo do que é debatido, desviar o foco de um erro ou equívoco a partir da criação de polêmicas de um tema paralelo e, mais ainda, manter-se perante à nação como o grande formador de opinião (para o bem e para o mal).

A velocidade tornou-se uma característica essencial da sociedade de consumo. Temos inúmeros serviços (Uber, Amazon, Netflix) que entregam o desejado na rapidez em que esperamos. A política entrou nesse processo a partir da popularização do Twitter e de outras redes sociais. Neste sentido, quem domina a narrativa ostensiva ocupa o espaço das redes sociais, fazendo com que o debate gire em torno de seus temas.

Para o político de narrativa reativa, seu poder só se sustenta quando sua popularidade é alta e sua relação com a imprensa e formadores de opinião é positiva. O grande risco para a narrativa reativa é justamente ter que ocupar o espaço público a partir de pautas que não são determinadas pelo próprio político, mas pelos fatos e acontecimentos do dia a dia. A incerteza aumenta e o inesperado passa a ter um papel mais forte na estabilidade de um governo.

O processo de impeachment que o Partido Democrata busca abrir na Câmara dos Deputados, em Washington, pode, pela primeira vez nesse governo, mudar a lógica de narrativa do presidente americano. Trump sabe, como ninguém, chocar com temas relativamente importantes quando fatos negativos surgem contra ele. Ele é capaz de quebrar a priorização do noticiário, que passa a noticiar dois fatos ao invés daquele negativo ao governo. Com o processo de impeachment em andamento, o presidente será forçado a adotar uma narrativa reativa, já que a Câmara dos Deputados dominará a agenda do noticiário a partir de suas conclusões. Trump não conseguirá criar nada mais explosivo do que um impeachment para poder manter o domínio da narrativa. Ele já demonstrou que derrete emocionalmente quando perde o controle da história e passa a ser colocado contra a parede. O Partido Democrata buscará exatamente isso, esticando o processo o máximo possível para que o clímax seja atingido por volta de junho, julho, quando o eleitorado estará se consolidando para as eleições presidenciais.

Ainda não se sabe qual será a estratégia de Donald Trump quando tiver de reagir diariamente a ataques factuais girando em torno de assuntos como o histórico de pagamento de impostos, pedidos especiais feitos a presidentes estrangeiros ou outros. Caso Trump siga mostrando que é um grande dominador do processo narrativo, ele inverterá a lógica do impeachment e enfatizará a velha história da caça às bruxas. Por outro lado, se a Câmara demonstrar problemas factuais e confrontações que conduzam uma parte relevante da sociedade a demandar respostas, Trump pode não saber como reagir e acusar o golpe.

O impeachment não se trata (ao menos hoje) da real possibilidade de impeachment. Ao que tudo indica, o Senado reverteria a decisão da Câmara americana. Mas o foco não é esse. O foco é mudar a lógica da narrativa em um momento crítico que antecede a eleição presidencial.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • G

    Giancarlo Bento Antoniutti

    ± 14 horas

    A estratégia democrata é a seguinte...somos socialistas agora, quem não é a favor é contra nós! Lutaremos até o fim custe o que custar, vidas, a riqueza do país ou a liberdade! Pergunta...O que vai acontecer?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • Z

      Zyss

      ± 1 horas

      Americano já se ligou, democratas odeiam a América m

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • O

    Osvaldo Colarusso

    ± 24 horas

    Editar Um tiro no pé dos democratas. Trump será reeleito. Como se sabe no momento, a tendência é a de que o impeachment não seja concluído, mesmo se for aprovado na Câmara, pois necessitaria do apoio de dois terços dos senadores". Lógico que a podre imprensa torce contra. Não adianta nada. Como diz a música "já conheço os passos desta estrada, sei que não vai dar em nada".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Felipe Martinelli

      ± 1 dias

      Quem cria narrativas mentirosas são os democratas, e esse pedido de impeachment é simplesmente ridículo. Trump apenas perguntou como estavam as investigações, mas a impressa transformou em "perseguição a adversário político". Curiosamente é exatamente isso que os democratas estão fazendo.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Rubens Junior

        ± 1 dias

        Trump pressionou um governo estrangeiro para investigar Biden, seu maior rival nas eleições de 2020. Como Trump não é muito esperto, ele usou uma linha telefônica monitorada para fazer algo que é contra lei. Deu no que deu.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        1 Respostas
        • Z

          Zyss

          ± 9 horas

          Ele é tão burro que é apenas bilionário e presidente da maior potencial mundial. Burrão mesmo

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

      • Z

        Zyss

        ± 1 dias

        Pelo sociólogo o Trump cria narrativas e e o Democratas lida com fatos...Gazeta, se mate com esses seus articulistas aí...RIP...

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • E

          Eduardo Prestes

          ± 1 dias

          Amigo, mentirosa e inventora de narrativas sempre foi a esquerda, desde antes da Revolução Russa. Eu não votei mo Bolsonaro porque fui enganado pela retórica dele. Votei porque tenho asco da esquerda, das suas políticas identitárias, da conflito que causam entre as pessoas, da defesa que faz de corruptos e bandidos. A esquerda é desonesta e tem péssimas ideias, além do histórico genocida do marxismo. E o regime de Maduro deve ser alinhado com PT, Lula, Dilma, Cuba, Coréia do Norte, FARC, Sendero. Luminoso e coisas assim, são tudo farinha do mesmo ****. Trump e Bolsonaro representam uma reação ao que não presta, a essa esquerda criminosa e mentirosa.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • T

            Tarcísio Gomes de Paula Pessôa

            ± 1 dias

            O Luiz Carlos da Silva está certo. Além disso, ao contrário do que o comentarista expõe, é o Presidente Trump que desde a data de sua posse vem se defendendo da falsa narrativa elaborada covardemente pela esquerda americana. Aqui como lá a esquerda tenta encanar os incautos.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • L

              Luiz Carlos da Silva

              ± 1 dias

              A narrativa deste "comentarista político" é exatamente o que a esquerda brasileira faz pra manter acesa a chama de suas mentiras.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • D

                Decio mango

                ± 1 dias

                O que e um sociólogo..?..algo como um especialista em casamento que nunca foi casado...?

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                Fim dos comentários.