Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

automobilismo

Reginaldo Leme diz que perderá sua ‘segunda casa’ com fechamento do Autódromo Internacional de Curitiba

  • Fernando Rudnick
Reginaldo Leme se sente mais à vontade para trabalhar no AIC do que em Interlagos. | GIULIANO GOMES/Gazeta do Povo
Reginaldo Leme se sente mais à vontade para trabalhar no AIC do que em Interlagos. GIULIANO GOMES/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Frequentador do Autódromo Internacional de Curitiba (AIC) desde a década de 1970, o jornalista especializado em automobilismo Reginaldo Leme, da Rede Globo, perderá sua ‘segunda casa’ neste fim de semana.

O circuito paranaense, que recebe a abertura da temporada de Stock Car, também sediará sua última prova da principal categoria nacional no domingo (6), a partir das 12h30. O autódromo funcionará até meados de julho, mas depois será desativado para grandes corridas e dará lugar a um empreendimento imobiliário e residencial.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/02/29/Esportes/Imagens/Cortadas/Stock_Car - MA-31-knYD-ID000002-1024x231@GP-Web.jpg
Autódromo Internacional de Curitiba funcionará até julho.Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

“Vai ser triste mesmo. Eu nem tinha pensado nisso [na despedida]. Vou ficar meio emotivo. Na sala do Peteco [Jauneval de Oms, um dos sócios do autódromo] há várias fotos antigas minhas. Praticamente minha história está ali”, diz Leme, que considera o AIC seu local preferido no meio do automobilismo.

“É o lugar que me sinto mais em casa. Veja bem, mais até do que em Interlagos, onde vou há mais tempo”, completa.

Para o comentarista, além da ótima estrutura física oferecida na pista localizada em Pinhais, o ambiente é propício para o contato entre imprensa e pilotos. Leme, inclusive, tem um ritual em toda prova que vem trabalhar em Curitiba.

“O que guardo é esse contato próximo. Ao terminar a corrida eu subo para o camarote do Peteco, do Fortunato [José Guedes, outro sócio]. Ficamos conversando, tomando algo. Me sinto absolutamente em casa”, conta.

Apesar da tristeza pela despedida, Leme acredita que a Stock Car escolheu o lugar certo para fazer a abertura do campeonato de 2016, com a atração especial que é a corrida de duplas. “Ainda bem que será em Curitiba, com essa prova especial, pilotos internacionais. O AIC merece o melhor possível. É um dos três melhores do país. O automobilismo brasileiro deve muito a esse autódromo”, fecha.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

  1.  |

    série B

    Matemática da Série B filtra briga ‘por última vaga’ no Brasileirão 2018

  2. Técnico Tite conta com a ajuda dos 20 clubes da Série A. | Pedro Martins/MoWA Press

    estratégia

    Atlético e Coritiba participarão da preparação do Brasil para a Copa

  3.  |

    televisão

    Globo mantém esperanças de contar com Atlético e Coritiba na tevê no Paranaense

PUBLICIDADE