Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

Greve dos ônibus

Curitiba: Urbs planeja circulação de vans em caso de paralisação total

Expectativa é que os veículos comecem a circular a partir das 6h30 desta quarta-feira. Medida serve como “plano b” caso a greve atinja 100% da frota

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Após a definição da greve do transporte coletivo a partir da zero hora desta quarta-feira (26), o presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Roberto Gregório, afirmou que o órgão possui um plano emergencial caso o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) descumpra a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9) de circulação mínima de 70% da frota em horário de pico.

Em entrevista por telefone na noite desta terça-feira (25), o presidente declarou que espera que o sindicato cumpra com a medida judicial. Entretanto, ele afirmou caso os funcionários da Urbs constatem que houve uma paralisação de 100% da frota a partir das 5 horas desta quarta, o órgão entrará em contato com os donos de veículos cadastrados no órgão para chama-los a prestar o serviço de transporte.

Gregório informou que o escritório da Urbs, que fica localizado na Rodoviária de Curitiba, abrirá as 6 horas para avaliar o cadastro dos veículos e pessoas físicas. Se os motoristas cumprirem com todas as exigências, eles poderão circular a partir das 6h30.

De acordo com o presidente da Urbs, os carros circularão pelos pontos da cidade com maior fluxo de usuários. Todas estarão devidamente identificadas com as credenciais do órgão.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais