Na busca incessante de novos mercados, os fornecedores e produtores do setor do café brasileiro estão de olho no Canadá. O motivo é a propensão do país e a possibilidade de explorar as oportunidades que o mercado canadense oferece. De acordo com o próprio governo local, o Brasil tem potencial para ser um dos principais parceiros comerciais, pois é um dos mercados estratégicos para incremento nas relações comerciais. Considerando isso, o governo brasileiro incluiu recentemente o Canadá no Plano Nacional de Exportação (PNE) como um dos países prioritários.

Atualmente o país localizado no Norte do continente é o 9º maior consumidor per capita de café do mundo, com um crescimento de 3% ao ano. O Brasil responde por 23% das compras canadenses de café, sendo o segundo maior fornecedor do produto, atrás da Colômbia. O Canadá exporta, em sua grande maioria, café verde. Para o futuro, os negócios devem girar em torno das exportações de café com maior valor agregado. Atualmente, 91% do faturamento com exportações brasileiras de café é oriundo das vendas de grão verde.

7 produtoresbrasileiros, de diversas regiões do país, estiveram no Canadá em 2014 para alavancar negócios. Em outubro, uma nova missão desembarca para tentar incrementar as exportações do café.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]