i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Notícias

Colheita passa de 60% e terá novo arranque

Clima firme permite avanço das máquinas. Produtividade tende a sustentar previsões de uma safra volumosa

  • PorDa Redação
  • 23/03/2015 19:55
Nos próximos dez dias, principais regiões produtoras terão tempo firme e chuvas esparsas. | Jonathan Campos
Nos próximos dez dias, principais regiões produtoras terão tempo firme e chuvas esparsas.| Foto: Jonathan Campos

A colheita brasileira da soja passou da metade com produtividade próxima da estimada logo após o fim das estiagens que afetaram o plantio e o início do desenvolvimento das lavouras. O rendimento por hectare vem se sustentando com o avanço das máquinas, mostram os dados dos principais estados produtores: Paraná e Mato Grosso. E, nos próximos 10 dias, o clima tende a colaborar para um novo arranque, com sol firme ou chuvas esparsas nas principais regiões agrícolas do país, mostram as previsões do Clima Tempo.

Faltando colher 5% dos 8,9 milhões de hectares plantados, Mato Grosso confirma produtividade acima de 52 sacas por hectare. O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) prevê 28 milhões de toneladas, até 1 milhão a mais do que preveem as consultorias privadas e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A colheita permitiu que o estado concluísse o plantio do milho de inverno, cuja área teria ficado em 2,97 milhões de hectares, 8% menor do que a de 2014.

Segundo maior produtor de soja, o Paraná ainda tem 20% para colher e sustenta marca de 55 sacas por hectare, que deve ser a maior desta temporada no país. O plantio do milho está no final e confirma 1,9 milhão de hectares, semelhante a 2014.

Segundo a consultoria França Júnior, a colheita no país chegou a 62% da área plantada. Esse índice está abaixo do registrado nesta época do ano passado (67%) mas acima da média dos últimos cinco anos (59%). A tarefa tem avançando mais de 10 pontos porcentuais por semana. Somente Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) têm mais de 70% das lavouras para colher. O Sudeste e Centro-Oeste concluíram mais de 70% dos trabalhos.

55 sacas por hectarede soja vêm sendo colhidos em média no Paraná, a maior marca do país. Em Mato Grosso, colheitadeiras chegam à reta final com 52 sacas por hectare. Números apontam para safra nacional acima dos 93 milhões de toneladas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.