Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A decadência do café pode ser compensada com a produção de frutas, legumes e verduras no Norte Pioneiro do Paraná. Essa aposta ganha apoio do governo estadual. A intenção é garantir uma alternativa de renda à produção de grãos, favorecendo a agricultura familiar e evitando esvaziamento da zona rural. O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, defende que a localização dos municípios do Norte Pioneiro é estratégica por dar acesso aos mercados de São Paulo, Curitiba e Londrina. O governo mobiliza Emater, Iapar e Ceasa e ganha adesão das prefeituras para criação de políticas públicas nessa direção. Em Bandeirantes, foram instaladas mil estufas para cultivo de olerícolas. O governo do estado destina R$ 80 mil a um estudo técnico sobre a viabilidade de um centro de distribuição verduras no município.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]