i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Arquivo

Soja à beira do “racionamento”

  • PorCassiano Ribeiro
  • 30/04/2012 21:01

O ritmo alucinado da comercialização da soja brasileira neste ano está levando o país a um racionamento do produto. Dados de consultorias privadas mostram que cerca de 80% da produção da oleaginosa colhida na última safra já foi vendida. O porcentual está 20 pontos acima do registrado nesta época do ano passado, quando o Brasil colheu safra recorde de 75 milhões de toneladas do grão. Na temporada atual, porém, o quadro está apertado. A seca roubou parcela significativa da produção, que deve resultar em menos de 69 milhões de toneladas, conforme estimativa da Expedição Safra Gazeta do Povo. Isso significa que restaria ao país pouco mais de 10 milhões de toneladas para serem comercializadas tanto à indústria como ao mercado internacional até a próxima colheita brasileira, esperada para o início de 2013, ou seja, daqui a oito meses.

O abastecimento, segundo analistas, deve continuar crítico e fazer com que a entressafra brasileira comece mais cedo neste ano, ainda antes de agosto, avalia Steve Chachia, analista da Cerealpar. Além disso, como os embarques de soja estão correndo duas vezes mais rápidos em relação a 2011, justamente em um ano de quebra em todo o continente, o Brasil enfrenta o risco de recorrer à soja de outros países para manter a indústria em atividade.

"A questão é de quem vamos importar se os Estados Unidos [maior produtor mundial] já estão com estoques apertados, exportando mais para a China, e os nossos vizinhos (Argentina e Paraguai) também não tiveram safra boa", questiona Aedson Pereira, analista da Informa Economics FNP, de São Paulo. Para ele, o racionamento da soja já começou no país, e está sendo protagonizado pela Região Sul, onde a quebra de safra foi mais expressiva.

Apesar das constantes altas da oleaginosa na última semana, os negócios estão parados no Paraná. Levantamento da Informa Economics revela que o estado tem somente 3 milhões de toneladas de soja para comercializar até janeiro de 2013. O Rio Grande do Sul, ainda mais castigado pela falta de água nas lavouras, tem apenas 1,5 milhão de toneladas para vender.

O risco de o Brasil buscar soja em outros países está baseado no enxugamento dos estoques domésticos. Enquanto os embarques de soja do país duplicaram no primeiro trimestre deste ano as, reservas caíram para um dos mais baixos níveis dos últimos anos. Em seu último levantamento, divulgado no mês passado, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou sobras de 1,1 milhão de toneladas de soja para o início da próxima temporada. Os analistas, no entanto, acreditam que as reservas do ciclo 2011/12 ficarão, sim, aquém da safra 2008/09, quando havia pouco mais de 670 mil toneladas de reserva.

A consultoria Safras e Mercado, de Porto Alegre (RS), estima que a temporada atual vai terminar com estoques de 421 mil toneladas do grão, 80% menor do que o estoque inicial, de 2,2 milhões de toneladas.

Indústria

Com preços cada vez mais favoráveis à exportação – sustentados pela quebra na América do Sul e, em boa medida, também, pela valorização do dólar e por prêmios nos portos – a indústria esmagadora vem pisando no freio. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Óleos Vegetais (Abiove), o processamento da soja ficou em 28,9 milhões de toneladas entre fevereiro de 2011 e janeiro de 2012, contra 35,7 milhões de toneladas esmagadas no período anterior.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.