Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Em 2019 o Porto de Paranaguá movimentou mais de 53 milhões de toneladas, sendo 80% deste volume de produtos do agronegócio
Em 2019 o Porto de Paranaguá movimentou mais de 53 milhões de toneladas, sendo 80% deste volume de produtos do agronegócio| Foto: Ivan Bueno/ Gazeta do Povo

O Agronegócio Gazeta do Povo lança a Expedição Logística 2020/2021 - Portos que conectam o Brasil e o mundo. O trabalho, que visa discutir a retomada da economia em um cenário de pós-pandemia Covid-19 e colocar em pauta os desafios e oportunidades da próxima década, vai percorrer os principais portos brasileiros, de Norte a Sul, Leste a Oeste, bem como as principais rodovias, ferrovias que conectam o Brasil da produção, do consumo e da exportação.

A Expedição Logística vai mostrar que o Brasil é, de fato, “o celeiro do mundo”, e como a interação entre público e privado na área de infraestrutura e logística é fundamental para o desenvolvimento da economia brasileira, para gerar emprego e renda e desenvolvimento econômico e social. O Brasil tem crescido sua participação no mercado internacional com a força da agropecuária e do setor portuário.

Na última década o Brasil dobrou a produção de proteínas animal e vegetal, e praticamente triplicou suas exportações.  Com essa motivação, nessa viagem pelo Brasil a equipe da Expedição Logística vai fazer um diagnóstico da última década sobre atividade produtiva e de infraestrutura logística, mostrar os principais projetos nessa área e apontar tendências para a próxima década. Em 2021, haverá uma incursão à Ásia para conhecer um pouco mais sobre nossos principais clientes e parceiros comerciais. O projeto foi desenvolvido com o intuito de integrar pessoas, conhecer infraestrutura e mercados, debater oferta e demanda e produção e consumo.

 
 

A missão das equipes de técnicos e jornalistas da Expedição Logística e dos parceiros será diagnosticar e apontar tendências de um país que cresce em exportação, equilibra as importações e garante um importante superávit na Balança do Comercial. Como tema transversal no contexto da discussão, a estrutura portuária brasileira, que ganha capilaridade e cresce de Norte a Sul do país, conferindo maior eficiência e competitividade à produção nacional.

Em um mercado mais aberto e com forte concorrência, o trabalho da Expedição será mostrar como os portos se preparam para o futuro do comércio internacional, que passa, necessariamente, pelo Brasil. Uma abordagem com olhar multimodal, de como os modais estão se organizando para fazer frente à ampliação e modernização dos portos e da produção. Entre os questionamentos, entender qual o papel do Estado e da iniciativa privada na infraestrutura rodoviária, ferroviária e hidroviária de acesso aos portos. Outro objetivo é criar um debate e contribuir com pautas que ajudem a desenvolver as políticas públicas de melhorias para o setor.

O trabalho já começou, de forma remota devido à pandemia do novo coronavírus, mas a Expedição Logística irá a campo, em território nacional, entre novembro e dezembro. A viagem técnica aos portos de Singapura, na Malásia, Xangai e Shenzhen, na China, será entre fevereiro e marco de 2021.

O conteúdo pode ser acessado por meio do canal próprio na internet (www.expedicaologistica.com.br), pelos canais dos parceiros técnicos e patrocinadores, e também pelas redes sociais. A produção será multimídia, solução que favorece a distribuição e alcance do conteúdo, totalmente aberto e sem restrição de acesso.

Versão temática da Expedição Safra, projeto que há 15 anos já percorreu mais de 15 países, para entender a oferta e a demanda do agronegócio mundial, a Expedição Logística é realização do Agronegócio Gazeta do Povo, apresentada pelo Sistema Confea-Crea-Mútua, com apoio dos Portos do Paraná e do Movimento Pró-Logística.

Fases da Expedição

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]