Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mais do que aporte financeiro, startup comemora poder de difusão da tecnologia pelos novos parceiros | Bigstock/Bigstock
Mais do que aporte financeiro, startup comemora poder de difusão da tecnologia pelos novos parceiros| Foto: Bigstock/Bigstock

O fundo BR Startups, que tem entre seus investidores Microsoft, Votorantim, Monsanto e Banco do Brasil, vai investir R$ 1 milhão na Tbit, uma startup de análise de imagens que atua no agronegócio brasileiro. A empresa desenvolveu equipamentos e software que, por meio de inteligência artificial, fazem a classificação da qualidade de sementes e grãos.

Criada em 2008 pelo empresário Igor Chalfoun e três outros parceiros, a Tbit desenvolve ferramentas para automatizar os processos de qualidade nas empresas, por meio do processamento de imagem digital e inteligência artificial, substituindo os protocolos manuais ou químicos. A empresa possui oito produtos e 50 clientes, dos quais cerca de 80% são do mercado agrícola.

De acordo com Chalfoun, a ferramenta oferecida ao agronegócio é uma solução poupa-tempo: “Com o nosso produto, por exemplo, economiza-se 70% em tempo para liberar os lotes analisados, pois a leitura é feita de maneira mais rápida. Além disso, é gasto 20% menos tempo para reprocessar ou devolver lotes”. Para o empresário, o investimento do fundo vai melhorar a posição estratégica da empresa e possibilitar a abertura de novas portas. A Tbit usará o recurso para reforçar o quadro de funcionários em sua sede, em Minas Gerais, e expandirá seus esforços de vendas e marketing em todo o país.

Concebido pela Microsoft Participações e gerido pela MSW Capital, o fundo BR Startups visa apoiar as empresas em seu desenvolvimento, por meio do conhecimento e do potencial de escala global de seus investidores: Monsanto, Banco Votorantim, Grupo Algar, BB Seguridade, Qualcomm e Age-Rio. “O apoio do Fundo BR Startups ao segmento de inovação para o agronegócio é estratégico para fomentar o potencial criativo do setor de agronegócio, que corresponde a cerca de 20% do PIB do Brasil. Queremos promover a transformação digital nas empresas que atuam na área”, comenta o diretor de operações da Microsoft Participações, Franklin Luzes.

Um total de 74 startups de diversas áreas do agronegócio participaram do processo de seleção do Fundo, que culminou com a escolha da Tbit.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]