Volume de frango exportado em agosto está 59,8 mil toneladas acima da média de exportações registrada em 2018. | Daniel Caron/Gazeta do Povo
Volume de frango exportado em agosto está 59,8 mil toneladas acima da média de exportações registrada em 2018.| Foto: Daniel Caron/Gazeta do Povo

As exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 396,9 mil toneladas em agosto, de acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O volume está 59,8 mil toneladas acima da média mensal de exportações registrada em 2018. Na comparação com o ano anterior, o número é 4,6% menor que as 416,2 mil toneladas embarcadas em agosto de 2017 – que havia registrado o melhor desempenho mensal do setor em todo o ano passado.

Em receita, os embarques somaram US$ 633,8 milhões, saldo 7,9% inferior aos US$ 687,9 milhões do mesmo período de 2017. No acumulado deste ano, as vendas chegam a 2,7 milhões de toneladas, um recuo de 7,7% no comparativo com os oito primeiros meses de 2017. Em receita, o saldo chega a US$ 4,309 bilhões, queda de 11,8%.

“A África do Sul se destacou como grande importadora de carne de frango do mês, com embarques se aproximando das 40 mil toneladas no período. O desempenho mensal do setor, com as fortes vendas para determinados mercados da África e Ásia e a notável redução da diferença das exportações totais acumuladas nos meses de 2018 em relação ao mesmo período de 2017 reforçam as projeções traçadas pela ABPA de uma previsão de exportações totais para 2018 em torno de 4,2 milhões de toneladas”, analisa Francisco Turra, presidente da ABPA.

Carne suína

Já as vendas externas de carne suína in natura em agosto ficaram em 54,1 mil toneladas, volume 8% menor que as 58,8 mil toneladas embarcadas no mesmo período do ano passado. A receita no mês chegou a US$ 98,2 milhões, número 31,3% inferior que os US$ 143 milhões obtidos no oitavo mês de 2017.

No saldo acumulado entre janeiro e agosto, as exportações alcançaram 347,8 mil toneladas, volume 13,3% inferior às 401,3 mil toneladas embarcadas entre janeiro e agosto de 2017. Em receita, o saldo alcançou US$ 717,6 milhões, número 28,7% menor que o total obtido entre janeiro e agosto do ano passado, com US$ 1 bilhão.

“Projetando as vendas dos demais produtos que compõem a exportação total de carne suína em agosto, os embarques do setor devem superar 63 mil toneladas no mês. As vendas para China e Hong Kong seguem em ritmo elevado, reduzindo a lacuna deixada pela suspensão das vendas para a Rússia”, ressalta Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]