Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Área do Porto de Paranaguá leiloada com outorga de R$ 25 milhões para movimentação de veículos
Área do Porto de Paranaguá leiloada com outorga de R$ 25 milhões para movimentação de veículos| Foto:

A Bolsa de Valores do Brasil (B3) realizou nesta sexta-feira (18/12) o leilão do terminal PAR12, destinado à movimentação de veículos no Porto de Paranaguá. A melhor proposta foi da Ascensus Gestão e Participações, representada no ato pela corretora Itaú, com o valor de outorga de R$ 25 milhões.

A área tem 74 mil metros quadrados e capacidade para quatro mil vagas. O local foi o primeiro a ser licitado pela empresa pública após a Lei Federal 12.815/13 (que trata da descentralização da gestão portuária). O arrendamento é no modelo sem estrutura física (greenfield), com prazo de 25 anos, renováveis a critério do Poder Concedente.

“O Porto de Paranaguá atingiu todos os requisitos de administração e tem uma excelente gestão. Por isso, houve essa delegação de competências que resulta em muitos investimentos e sucesso”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esteve na B3 durante os leilões para as áreas portuárias
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, esteve na B3 durante os leilões para as áreas portuárias

O governador do Paraná, Ratinho Júnior, ratificou a parceria de investimentos e confiança entre o Estado e o Ministério da Infraestrutura e afirmou que o “objetivo do Paraná é ser o Hub (centro de conexões) Logístico da América do Sul”.

“O interesse do mercado mostrou que é uma área atrativa e que o projeto é economicamente viável. O leilão é estratégico para o Paraná e significa mais investimentos e uma melhora na cadeia logística deste importante segmento”, afirmou o diretor-presidente APPA (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), Luiz Fernando Garcia.

Nesse leilão, que foi o último do ano na B3, também foram leiloadas áreas nos portos de Aratu, na Bahia, e de Maceió, em Alagoas. Foram leiloados setores de movimentação e armazenamento para minerais, fertilizantes, grãos sólidos e vegetais.

“Vejo com satisfação essas concessões. Mostra que muitos acreditam no Brasil. Assim haverá a geração de emprego e renda e mais desenvolvimento nacional”, disse Nery.

Leilão ocorreu na Bolsa de Valores do Brasil (B3), em São Paulo
Leilão ocorreu na Bolsa de Valores do Brasil (B3), em São Paulo

Mais investimentos em 2021

O ministro Tarcísio Freitas afirmou que o ano de 2021 será muito melhor para o Brasil e a entrada de capital será extraordinária. “Não tenho dúvidas que temos muito a celebrar sobre investimentos sendo e que serão gerados e em relação à confiança no país. Só esta semana fizemos leilões de linhas de transmissões no valor de R$ 7 bilhões; a renovação de concessões de ferrovias para a Vale em um total de R$ 19 bilhões de investimentos e mais esses leilões de áreas portuárias. O Brasil vai dar certo”, disse, lembrando que no caso da Vale a empresa terá que, dentro da concessão, investir em novas ferrovias, o que integrará mais o país e proporcionará o crescimento das exportações.

Compareceram à Bolsa de Valores em São Paulo para acompanhar o leilão, além do governador do Paraná, do ministro da Infraestrutura e do diretor-presidente da APPA, o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Eduardo Nery, e o secretário nacional de Portos, Diogo Piloni, entre outras autoridades.

Para garantir a total e irrestrita publicidade da Sessão Pública do Leilão, todos os atos foram transmitidos ao vivo, via streaming, a partir das 15h, no site www.tvb3.com.br , bem como no Canal da B3 no YouTube.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]