Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
O S7 possui o Side Assist, que monitora o tráfego atrás e ao lado do veículo por meio de radares. | Marcelo Spatafora/ Audi
O S7 possui o Side Assist, que monitora o tráfego atrás e ao lado do veículo por meio de radares.| Foto: Marcelo Spatafora/ Audi

A boa visibilidade de dentro para fora do veículo é fator óbvio de segurança. Observar o máximo possível o que acontece ao redor ajuda a prevenir acidentes e tornar a condução mais segura. Pensando nisso, o Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária) criou um Índice de Visibilidade para identificar os modelos vendidos no país que proporcionam melhor visibilidade externa para o motorista.

Os mais bem avaliados são Audi S7 e Range Rover Vogue, que receberam nota máxima em uma escala de 0 a 5 estrelas.

Na versão esportiva do Audi A7 Sportback o condutor tem o controle ao redor do carro, graças à tecnologia Side Assist .O sistema monitora o tráfego atrás e ao lado do veículo por meio de radares que detectam ações nos pontos cegos.

Já a visão noturna é auxiliada pelo sistema Night Vision, que projeta em uma tela no painel de instrumentos obstáculos que estejam entre 15 e 90 metros de distância à frente.

Ranger Rover usa sensores de radar nas laterais para verificar pontos cegos em cada lado do carro.Divulgação/Land Rover

Ranking

Confira as notas dos modelos com
maior e menor visibilidade

Leia a matéria completa

Já o jipão topo da gama da Land Rover possui um dispositivo no qual utiliza sensores de radar montados nas laterais para verificar pontos cegos em cada lado do carro e alertar o motorista quando veículos forem detectados dentro dessa área.

Há ainda um sensor de aproximação que permite mudar de faixa com maior segurança, monitorando os veículos que se aproximam por trás em velocidade elevada.

Na lista dos mais bem cotados ainda aparecem Citroën C4 Lounge, Jaguar XKR-S e Volkswagen Golf, que ganharam nota 4,5. Na outra ponta está o Fiat Strada cabine dupla, que foi classificado com apenas 1,5.

Metodologia

Para definir o índice e as notas, o Cesvi analisa a visão lateral, traseira, dianteira e as áreas de pontos cegos. Os carros são colocados em uma área demarcada no chão, na qual são posicionados objetos-padrão para cada tipo de área.

As medições das áreas frontais são realizadas com um obstáculo de aproximadamente 1,10 metro de altura, que simula um poste e tem altura aproximada de uma motocicleta.

Para a análise da visibilidade traseira do veículo, é utilizado um obstáculo de 60 cm de altura – correspondente à altura dos ombros de uma criança de 3 anos. Esse estudo se deve à existência de muitos casos de atropelamentos de crianças (às vezes pelos próprios pais, na garagem de casa) por conta de uma visão traseira deficiente.

Os obstáculos são utilizados identificar os pontos cegos do modelo. Essas áreas são calculadas e inseridas em fórmulas matemáticas para compor o índice. Quanto maior a área na qual é possível visualizar todos os obstáculos, melhor é a classificação do veículo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]