Para reduzir custos e também abrir espaço para a linha de produção do Logan, sedã compacto que chega em 2007, a Renault vai deixar de produzir o Clio, tanto o hatch como o sedã, em sua unidade de São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. A produção deste modelo vai se concentrar na Argentina.

Além do Logan, a fábrica no Paraná, que neste ano começou a produzir o Mégane Sedan II, inicia a fabricação da versão perua deste modelo, que fará a sua estréia no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. Atualmente a Renault está apostando no pequeno Logan, que por ser um carro popular e de preço reduzido, deverá liderar as vendas da marca tão logo chegue no mercado. A marca francesa vai continuar fabricando no Paraná a minivan Scénic, a picape Frontier e o utilitário-esportivo Xterra, da Nissan, marca que pertence a Renault.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]