Receitas & Pratos

5 dicas para incrementar sua receita de barreado

Com picles de banana ou carne de siri com bacon, o prato típico do litoral paranaense ganha versões pelas mãos dos chefs 5 Estrelas do Prêmio Bom Gourmet 2015

por Bom Gourmet Publicado em 19/07/2016 às 14h
Compartilhe

Eva dos Santos

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

A chef buscou algo que lembrasse os frutos do mar. Para deixar o prato ainda mais paranaense, usou Siri de Guaratuba com a técnica de barrear de Morretes. O prato da Eva leva carne de Siri com bacon, que dá o sabor de defumado, deixando o prato inusitado e saboroso. “Usar a técnica de barrear com outros ingredientes faz ganharem novos sabores na panela de barro”, diz ela.

***

Kika Marder

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Minha opção para o barreado desconstruído é uma Pate en Croute de barreado com picles de banana. A Pate en Croute é um tipo de terrine preparada com vários tipos de carnes com temperos, dentro de uma massa assada em forno. É uma receita muito tradicional francesa e feita com o barreado e o picles de banana ficará extremamente deliciosa!!

>>> Xô, frio! Chefs ensinam dicas e receitas de sopas, caldos e cozidos

>>> Saiba o que é e como usar o fermento caipira

>>> Confira 16 receitas de pão

***

Ivan Lopes

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

O chef admira a receita clássica, mas diz que usando carnes com bastante colágeno, como músculo, cupim e rabada magra dá para fazer muita coisa diferente, sem mexer radicalmente na base. Sua receita é a de medalhão de barreado, farofa de banana (que substitui as bananas in natura) e couve frita.

***

Lênin Palhano

Apesar de o Barreado ser o mais emblemático prato da culinária paranaense, na região do chef, no norte do Paraná, ele não é tão difundido. Mas isso não foi obstáculo para ele compartilhar algumas inspirações para reler o prato. “Gosto muito da intensidade do caldo do Barreado, derivado de seu longo processo de cocção”, diz ele, mirando na farinha fina de mandioca, tradicionalmente utilizada para saborear o prato. “Minha dica é comê-lo com um bom pão de fermentação natural, que irá absorver este caldo e deixar ainda mais complexo seu sabor”, explica Palhano.

***

Ivo Lopes

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Turbinar o sabor do prato escolhendo outro tipo de carne foi a ideia do chef ao propor a receita de Barreado de Rabada com farofa de alho e páprica picante (foto). “Pelo fato de a rabada ser uma carne extremamente saborosa, que tem muito contato com o osso, eu quis dar mais sabor e mais vida para a minha versão do Barreado”, diz ele, que não teve medo de unir esses dois clássicos. “Aproveitei este desafio para posicioná-la como protagonista dessa releitura”.

Compartilhe

8 recomendações para você