Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: BigStock
Foto: BigStock| Foto:

Nessa época do ano, com altas temperaturas e alguma pressa, gelar a cerveja é um desafio. Seja para aquele churrasco em que a geladeira não dá conta ou até uma compra de última hora quando não temos muita paciência para esperar o tempo do refrigerador. Sem falar nas festas de Natal e Ano-Novo, eventos nos quais a bebida é muito apreciada.

A verdade é que existem várias formas diferentes de gelar a bebida sugeridas na internet. Como nem tudo é seguro, podendo até prejudicar a qualidade da cerveja, o colunista do Bom Gourmet e sommelier de cerveja, Luís Celso Jr, analisou no seu blog os principais métodos sobre como gelar cerveja rápido e avaliou prós e contras de cada um. Confira a lista:

Panela de pressão

Foto: BigStock
Foto: BigStock

Há um método curioso de gelar cerveja rápido (20 segundos) na panela de pressão! Ela não vai no fogo, não. Mas quase caímos para trás quando vimos como fazer. Coloque uma pequena quantidade de água dentro da panela, duas latinhas de cerveja comum e uma generosa camada de gelo por cima. Depois disso, a panela é fechada e chacoalhada por 20 segundos.

Prós

Funciona? Sim. É o mesmo princípio de uma coqueteleira. Ao agitar a água e o gelo a temperatura da mistura cai bruscamente. Como a panela e selada, não vaza água e não há entrada de ar, que também gela e se contrai, gerando um pouco de pressão negativa. Tudo isso faz uma cerveja gelada bem rápido.

Contras

>> Obviamente, a cerveja pode espumar bastante ao abrir.
>> A cerveja é muito agitada! Choques físicos são um dos inimigos da bebida, podendo gerar defeitos sensoriais.
>> A temperatura cai muito rápido! Choque térmico também não é bom para a bebida. E nesse caso, corre também o risco de congelar, o que muda toda a composição físico-química e pode estragar os aromas e sabores.
>> Pode amassar ou até furar a lata! Latas amassadas fazem com que a película interna se rompa colocando metal em contato com a bebida, o que pode gerar sabor metálico.
>> Nem pense em colocar uma garrafa nesse método!

Super Cooler

Super Cooler (Foto: Reprodução)
Super Cooler (Foto: Reprodução)

A tecnologia também pode ser aliada na hora de gelar a cerveja rápido. Existe uma máquina conhecida como Super Cooler capaz de deixar a cerveja gelada em apenas dois minutos. Funciona assim: você encaixa o dispositivo na latinha ou garrafa e coloca dentro do gelo. A máquina motorizada fará girar rapidamente.

Prós

>> A cerveja realmente fica gelada.

>> Não vai espumar, simplesmente porque a cerveja não é agitada. O movimento realizado é uniforme.

>> Não tem risco de congelar. Isso é ótimo!

Contras

>> Tem um custo razoável (cerca de R$ 100 na internet).

>> Só dá para gelar uma latinha ou garrafa por vez.

>> Funciona com pilhas. Apesar de durar bastante – uns 200 minutos segundo o fabricante, o que é suficiente para gelar 100 latas de 350 ml – você deve levar isso em consideração no custo e ter pilhas reservas, caso acabe a energia antes de acabar a cerveja.

>> Garrafas grandes podem ser um problema aqui (500 ml, 600 ml ou litrão).

Cooler com gelo

(Foto: BigStock)
(Foto: BigStock)

Pode parecer óbvio, mas não é tanto. É comum pegarmos um cooler, encher de gelo e colocar cerveja dentro. Acontece que não é só isso que faz com que a cerveja fique gelada mais rápido.

Passo-a-passo: dê um choque térmico no cooler com água morna e depois gelada, forre ele com gelo, molhe as latinhas ou garrafas com água gelada, coloque dentro do cooler, cubra com gelo, se sobrar espaço pode colocar mais cerveja e despeje o restante do gelo. Coloque água para completar. Aguarde aproximadamente 20 minutinhos para checar se já está no ponto.

Prós

>> Ao colocar água e gelo num compartimento fechado ele consegue baixar a temperatura bem mais rápido do que na geladeira ou freezer, pois a água em estado líquido conduz melhor o calor do que simplesmente gelo.

>> Ao derreter ele absorve o calor do meio, ou seja, rouba o calor da cerveja quente que está lá dentro.

>> Você não precisa agitar de maneira alguma a cerveja.

>> Se utilizar água e gelo potável também não vai precisar lavar a lata depois.

Contras

>> Você não tem controle da temperatura e pode gelar demais, o que não favorece apreciação dos aromas e sabores.

Gelo, sal e álcool

Foto: BigStock
Foto: BigStock

Um dos métodos de como gelar cerveja rápido mais clássicos é misturar produtos ao gelo e água. Apenas pegue um cooler ou até mesmo uma caixa de isopor, coloque dentro 500 g de sal, 500 ml de álcool e um saco de gelo e coloque as cervejas, mergulhando as latinhas ou garrafas. Aguarde por pelo menos quatro minutos e estarão geladas, prontas para beber. Apenas mais uma dica fundamental: passe uma água na latinha depois, principalmente nas bordas para tirar qualquer resto de sal ou álcool que estiver.

Prós

>> Realmente esse método gela sua cerveja super rápido pois, ao adicionar o sal e o álcool, você diminui o ponto de fusão (passagem da água do estado sólido para o líquido). Essa fusão acontece em 0º, mas com o sal e o álcool, ela vai deixar mais baixa ainda e acelerar o derretimento. E como para derreter o gelo rouba a temperatura da garrafa, logo, sua cerveja também atingirá baixa temperatura numa velocidade elevada.

>> O tempo de espera é curto, entre 3 e 5 minutos.

Contras

>> A cerveja em lata vai ficar salgada e por isso você tem que passar água antes de beber. Se for long neck também.

>> O congelamento também pode ocorrer, principalmente no momento que você tirar a cerveja do cooler.

>> Caso você coloque várias unidades vai ter que tirar rápido para não congelarem lá dentro.

>> Sua cerveja pode chegar a temperatura abaixo de zero, o que é péssimo para toda a parte sensorial dela. Não é recomendado, portanto, para quem espera sabor das suas cervejas.

>> Choque-térmico, mais uma vez, pode prejudicar o sabor e aroma da bebida.

>> Seu gelo vai derreter bem rápido, o que não permite a segunda rodada.

Com papel toalha

Fotos do processo de fabricação de cerveja em casa.
Fomos na casa do Everton que produz cerveja em casa e acompanhamos o passo a passo de todo processo.
Local: Residência do Everton - Curitiba - PR
Fotos do processo de fabricação de cerveja em casa. Fomos na casa do Everton que produz cerveja em casa e acompanhamos o passo a passo de todo processo. Local: Residência do Everton - Curitiba - PR| Gazeta do Povo

Simples, fácil e rápido para gelar sua cerveja. Pegue sua latinha ou garrafa e envolva-as com papel toalha. Depois disso, molhe a garrafa com água que estará coberta com o papel. O próximo passo é colocar no freezer ou congelador, na parte mais fria – em alguns existem uma gavetinha com o nome “congelamento rápido”. Depois de aproximadamente 10 a 15 minutos, a cerveja estará gelada.

Prós

>> Ao colocar o papel molhado você aumenta a superfície de contato da cerveja com o ar frio e a água no papel congela rapidamente. Dessa forma ela rouba o calor da cerveja mais rápido.

>> Não precisa mexer, nem agitar, nem colocar na panela de pressão (risos!). Ainda estamos rindo disso!

Contras

>> É bem provável que fique gelada demais para uma cerveja artesanal.

>> Dependendo da temperatura que sair do congelador ela corre risco de congelar no momento da abertura.

>> Caso você coloque várias cervejas é possível que congele as pobrezinhas dentro do freezer, ou pior, explodir alguma por lá.

VEJA TAMBÉM

>>> 15 drinks refrescantes para preparar em casa

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]