Restaurantes

Reinauguração

O polêmico Bistrô do David volta ao endereço original e com novo nome

Dois anos depois de protagonizar o desabafo em vídeo por causa de uma crítica ao restaurante, chef francês abandona o que considera "exageros" e volta a valorizar o serviço intimista

por Bruna Bill, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 15/03/2018 às 18h
Compartilhe

Há 10 anos no Brasil, o chef francês David Eddy Louis já vivenciou experiências diversas com seus empreendimentos gastronômicos. Após cinco anos tumultuados – resultado de um restaurante com operações grandiosas e muito estresse pessoal e familiar – o chef volta ao local onde sua história em Curitiba começou, assume o romantismo e diminui o ritmo. “Voltar para onde eu comecei é uma grande alegria. Depois de viver uma vida que parecia que não era minha, cheia de preocupações e estresse em excesso, quero acabar com essa fase e construir algo inteiramente novo”, explica.

Após fase turbulenta, Bistrô do David volta às origens e agora se chama Bistrô Romântico do Chef David da Nega. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

CONHEÇA O BOM GOURMET: NOTÍCIAS DE GASTRONOMIA, RECEITAS, DICAS E MUITO MAIS

Agora o restaurante se chama Bistrô Romântico by chef David da Nega, em homenagem à atual esposa do chef, Elian Alves Louis, que atua também na parte administrativa. Ao voltar para a Rua Schiller, no mesmo local em que abriu seu primeiro restaurante em Curitiba, David encerra uma fase turbulenta, durante o período em que o Bistrô funcionou na Rua Fagundes Varela, no Jardim Social. “O restaurante era um sucesso. Eu tinha todas as mesas lotadas, pessoas na fila de espera e 44 bocas de fogão operando em ritmo muito forte. Em algum momento eu acabei perdendo a cabeça, tive picos de estresse e cheguei até a bater o carro”, desabafa.

Em 2015, o chef protagonizou um episódio que teve repercussão nacional, ao gravar um vídeo em resposta a uma avaliação negativa do seu restaurante em um site de viagens. “Foi um momento mágico e devastador. Isso aconteceu exatamente na época em que eu estava enfrentando muitos problemas no restaurante, com processos trabalhistas e um movimento que eu quase não dava conta de atender e  acabei me exaltando. Até cheguei a receber apoio de outros chefs e empresários, mas hoje eu jamais faria isso de novo”, pondera.

A decoração continua em clima romântico, com dezenas de sombrinhas parisienses penduradas no teto. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

> Open de churrasco tem ex-MasterChef, chefs estrelados e assadores profissionais

Uma das motivações para esse novo momento do chef é o relacionamento com a nova esposa, Elian, que, segundo o próprio David é uma das responsáveis pela mudança de comportamento, de visão de mundo e de como encarar os negócios. “Ela sempre foi uma pessoa muito humilde e muito batalhadora, é meu grande exemplo. Hoje eu só quero pagar minhas contas e ter uma vida saudável. Me divertir no que eu mais gosto de fazer, que é cozinhar e atender bem meus clientes. Quero que minha esposa se orgulhe de mim”.

Magret de pato ao molho chutney com damasco e tâmaras acompanhado de legumes salteados. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

> Tudo com churros: cafeteria lança menu especial com versões doces e salgadas

Os dois estão juntos há 10 meses. A Nega, como o chef a chama, mostra entusiasmo ao falar do novo restaurante. “Agora estamos abrindo também no almoço, com comida brasileira, pratos rápidos e práticos e com preço reduzido, mas sem perder a essência do chef Davi. Temos novidades também nas sobremesas e não cobramos taxa de rolha. O local ficou ainda mais aconchegante e romântico, tudo feito com muito amor”, comemora Elian.

Salmão grelhado com amêndoas e acompanhamento de legumes refogados. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

Com novo endereço e novo nome, o chef David aproveitou o momento para reformular o cardápio da casa. “Tirei as vieiras, as lagostas e muitos frutos do mar. Escolhi deixar apenas os pratos que acho essenciais, valorizando os preparos básicos e simples, mas feitos com excelência e ótimos ingredientes”, explica. Entre os destaques, foie gras de pato caseiro com mel e torradinhas (R$ 39), magret de pato grelhado e fatiado (R$ 79) e carré de cordeiro grelhado (R$ 79,50).

LEIA TAMBÉM

> Novo bar oriental de Curitiba lança em Curitiba um sushi em formato de burrito

> Premiada chef vai preparar cardápio de restaurante popular de Curitiba

Compartilhe

8 recomendações para você