Produtos & Ingredientes

Ingrediente

Como usar painço, grão que parece cuscuz e pode substituir o arroz

O chef Ivan Lopes testou o painço, cereal versatil que combina tanto com pratos vegetarianos quanto com carnes brancas e vermelhas; veja como prepará-lo

por Marina Fabri, especial para Gazeta do Povo Publicado em 29/09/2016 às 12h
Compartilhe
Painço com legumes servido no coração de alcachofra, do chef Ivan Lopes. Foto: André Rodrigues.

Painço com legumes servido no coração de alcachofra, do chef Ivan Lopes. Foto: André Rodrigues.

Ainda pouco explorado pela culinária brasileira, o painço é um cereal versátil, capaz de substituir o arroz em pratos vegetarianos ou de acompanhar a maioria das carnes. Com alto teor de fibras (em geral, 10 vezes mais do que o arroz branco), é também rico em Magnésio e Vitamina B – soma-se isso a um preparo fácil e rápido e o painço vira uma ótima alternativa para uma série de pratos.

O chef de cozinha Ivan Lopes preferiu testou o grão em uma preparação vegetariana, com legumes cozidos picados e servidos em um coração de alcachofra. “O painço tem um sabor neutro, o que nos permite exercitar a criatividade na hora de bolar combinações – usei aqui cenoura, salsão e tomate, mas dá para usar o que tiver em casa”, explica.

O painço pode ser cozido de forma bem similar à do arroz – com refogado de cebola e alho, adicionado água aos poucos – e depois, na mesma panela, mas já fora do fogo, é só acrescentar os vegetais escolhidos já bem picados. Eles cozinham levemente no calor do próprio painço.

Além disso, outra dica que o chef dá é a de colocar menos água no cozimento. “O indicado é colocar uma parte de painço para três de água, mas você pode colocar só duas partes de água se preferir uma textura mais al dente”, explica. Depois disso, está pronto para comer – e o chef indica algumas combinações que tem tudo a ver: para acompanhar peixes e carnes vermelhas ou então para rechear abobrinha assada, alcachofra cozida e até frutas como manga e abacate. “Eu só evitaria frutas muito cítricas, como abacaxi, porque acho que os sabores não combinam tanto”, finaliza o Lopes.

Veja a receita do prato:

Compartilhe

8 recomendações para você