Eventos

oscar da gastronomia

Brasilidade e nova grife marcam a cerimônia do Prêmio Bom Gourmet 2016

Veja como foi a festa, com formato inovador, realizada nesta quinta (15) na Universidade Positivo; na matéria você encontra o link para a página com todos os vencedores

por Priscila Bueno, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 16/09/2016 às 18h
Compartilhe
A nova constelação do Prêmio Bom Gourmet. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo.

A nova constelação do Prêmio Bom Gourmet. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo.

Comprei um quilo de farinha pra fazer farofa, pra fazer farofa, fa, fa…Essa foi uma das músicas brasileiras entoada pela curitibana Raíssa Fayet, que embalou a cerimônia do Prêmio Bom Gourmet, considerado o Oscar da gastronomia curitibana.

O evento, que teve como temática o Brasil, foi realizado no auditório da Universidade Positivo, no qual jurados, chefs e demais profissionais da gastronomia conheceram os vencedores da sétima edição do prêmio.

> Confira todos os vencedores do Prêmio Bom Gourmet 2016

Foram 129 estabelecimentos e 18 chefs eleitos por 94 jurados nas categorias Sabor Especial (com 23 especialidades) e Chef 5 Estrelas. O público também participou, elegendo os ganhadores na categoria Sabor Popular (Coxinha, Pastel, Pão com Bolinho, Cachorro-quente e Carne de Onça).

Essa edição também marcou um novo formato de cerimônia. Como um verdadeiro Oscar, a premiação foi realizada em um grande auditório, com direito à subida ao palco por parte dos vencedores.
Ana Amélia Filizola, diretora da unidade Jornais Gazeta do Povo, lembrou que o Bom Gourmet começou há mais de 25 anos como uma página semanal, numa época em que não havia tantos restaurantes na cidade. “Hoje há centenas e esse crescimento é um pouco nosso porque trabalhamos juntamente com os chefs e proprietários das casas”.

Andrea Sorgenfrei, gerente do Núcleo Estilo de Vida, destacou que a escolha do novo local, um teatro universitário, acabou unindo o conhecimento ao talento e à arte.

Os ganhadores
A primeira categoria que teve seus vencedores divulgados foi a Sabor Popular, que nesta edição teve mais de 230 mil votos. Igor Baran, do BarBaran, ganhou em duas votações: carne de onça e pão com bolinho. Ele comentou que “bem ou mal, esses são os dois pratos que mais saem, mas acabou surpreendendo sim”.
Em seguida foram divulgados os ganhadores das 23 especialidades. Na categoria sanduíche o vencedor foi o Guiolla. João Mayer, representante da casa, disse que foi surpresa principalmente pela diversidade dos concorrentes. “Sempre trabalhei nesse sanduíche. Costumo dizer que é meu filho predileto”.

Na categoria vegetariano, o prato tortei de berinjela do pesto da Originale levou o prêmio. Luis Iwersen e Juliana Iwersen lembraram que foram os pioneiros em pratos veganos, há cerca de oito anos.
Lênin Palhano, que foi eleito também Chef 5 Estrelas, representou o restaurante Nomade na categoria peixe/frutos do mar com o Polvo grelhado com couscous marroquino. “É muito gratificante, mas é resultado do trabalho de toda uma equipe”, ressaltou.

premio bom gourmet-ganhadores-2016

Andrea Sorgenfrei e Guilherme Guzela apresentam a cerimônia. Foto: Leticia Akemi/ Gazeta do Povo

Na categoria prato principal, o Agnolotti Vicenza, do Forneria Copacabana foi o escolhido. Beto Madalosso comentou que esse prato é servido há 20 anos na família. “É um prato que todos pediam que eu fizesse no forneria. É uma surpresa e me emociona”, disse.

premio bom gourmet-ganhadores-2016

Ana Amélia Filizola abre a noite de premiação. Foto: Letícia Akemi/ Divulgação

Outra estrela da noite foi Júnior Durski, que levou o prêmio como Melhor Restaurante com o seu Durski International Cuisine e a Melhor Adega, pela sétima vez consecutiva. “Mas, cada vez que eu ganho considero uma homenagem”, disse ele que lembrou que o Prêmio Bom Gourmet é o mais importante de Curitiba. “Ele representa um ânimo para a categoria”, completou.

premio bom gourmet-ganhadores-2016

Dudu Sperandio foi eleito um dos Chefs 5 Estrelas. Foto: Leticia Akemi/ Gazeta do Povo

O La Varenne foi o grande vencedor da noite, com três prêmios: cordeiro, sobremesa e massa. Felipe Miyake, chef do La Varenne, lembrou que dois pratos de massas com camarão ganharam (o Barollo foi hors-concours com conchiglia de gamberi com molho san marino). “Esse – o nhoque de mandioquinha com camarões — é o carro chefe da casa e está desde a abertura. É um prato simples, mas com muito sabor”, disse.

premio bom gourmet-ganhadores-2016

A cantora Raíssa Fayet em uma de suas performances. Foto: Leticia Akemi/ Gazeta do Povo

Outra novidade anunciada durante a festa do prêmio foi da grife Bom Gourmet por Versadas, uma linha de vestimenta para a gastronomia, incluindo dolma, toque e aventais para adultos, crianças e bebês.
Os convidados foram recepcionados por um coquetel patrocinado por marcas como Doce Fado, Freddo, Três Corações, Confeitaria Holandesa, Mister Miga, Vale Fértil, Ouro Fino, Hop’n roll, Adega Muf´s. O Prêmio Bom Gourmet teve o patrocínio do Pátio Batel, Zafferano Eventos e apoio da Universidade Positivo.

Compartilhe

8 recomendações para você