Produtos & Ingredientes

NOVIDADE

Conheça o couro feito com frutas que virou petisco e foi parar na decoração de pratos

Material foi criado inicialmente por designers holandeses como uma alternativa sustentável para o couro animal, e agora despertou interesse na gastronomia

por Amanda Lüder, especial para o Bom Gourmet Publicado em 11/03/2019 às 10h
Compartilhe

Nem só de bolsas, sacolas e utensílios para a casa vive o “couro de fruta”, um tipo de material com consistência e aparência de couro, criado a partir do processamento de frutas (veja a receita abaixo). Agora ele também está chegando às mesas. Criado por designers holandeses como uma alternativa sustentável para o couro animal, o material passou a ser usado também na culinária e decoração de pratos.

Foto: Lastbeancburrito/Flickr

A técnica para fazer o couro de fruta culinário consiste em amassar a fruta, fervê-la e desidratá-la no forno em baixa temperatura. As melhores frutas para o processo são as que contêm pectina, uma fibra solúvel capaz de formar um gel viscoso, como o das geleias de frutas. “A pectina tem o poder de gelificar o preparo, é a responsável por endurecer. Se você usar frutas com baixo teor, o couro pode até secar, mas vai ficar quebradiço, não elástico”, explica a chef confeiteira Polyana Rodrigues, da Grué Chocolateria, que vem testando o preparo.

A pectina é encontrada principalmente nas frutas vermelhas – exceto o morango –, como mirtilo, framboesa, amora e goiaba. Geralmente, frutas mais cítricas tem maior teor da fibra, como laranja e limão. Mas qualquer fruta pode virar couro comestível. Basta adicionar suco de limão, rico em pectina. O preparo, naturalmente doce e colorido, costuma ser servido em forma de rolinho, recheado ou não.

Foto: Alison Martins/Gazeta do Povo

Couro na mesa

Na alta gastronomia, o couro de fruta é aposta para a finalização dos pratos. “Está muito em alta fazer tuíle e pele na decoração. O couro de fruta se assemelha”, afirma a chef Polyana. Como a receita leva somente uma pitada de açúcar, também é tendência como um snack no mercado saudável. Nos Estados Unidos, os rolinhos são encontrados em diversas lojas de produtos naturais, além de grandes redes de supermercado como o Walmart.

>> Receita de ketchup de melancia

O couro de fruta é utilizado na decoração de pratos. Foto: Visualhunt

No Brasil, ainda é difícil adquirir o produto pronto. O site da Amazon vende embalagens com 40 unidades a partir de US$ 6,98 (cerca de R$ 26, sem o frete). Por enquanto, o que há de mais parecido no país é o kamaredine, uma folha de damasco mais espessa que o couro de fruta, utilizada nas culinárias turca e árabe para fazer doces.

Para quem prefere testar a receita em casa, os chefs Augustto Lustosa e Polyana Rodrigues ensinam como fazer o couro de fruta versão Romeu e Julieta, com goiaba e recheio de ricota:

>> 40 receitas sem carne para variar o cardápio na Quaresma

 

Compartilhe

8 recomendações para você