Eventos

Evento

Famílias de refugiados sírios fazem brunch árabe neste sábado (24/09/16)

Entre as opções estão esfiha aberta de carne, mjadra, hommus, tabule, pão sírio, kafta e chopes artesanais; pratos custam entre R$ 5 e R$ 22

por Marina Fabri, especial para Gazeta do Povo Publicado em 21/09/2016 às 13h
Compartilhe

***** ATENÇÃO *****
Esta matéria foi publicada em setembro de 2016.

Brunch no Coletivo Alimentar: evento deste sábado terá culinária síria. Foto: Munir Bucair Filho/Divulgação

Brunch no Coletivo Alimentar: evento deste sábado terá culinária síria. Foto: Munir Bucair Filho/Divulgação

O espaço colaborativo Coletivo Alimentar vai servir, pela primeira vez, um brunch árabe neste sábado (24). Os pratos serão feitos por famílias sírias que moram em Curitiba e foram convidadas para preparar o cardápio. O evento tem a colaboração do Instituto de Reintegração do Refugiado – Brasil (Adus), organização que ajuda na integração dessas famílias no país.

Os pratos custam entre R$ 5 e R$ 22. Para acompanhar, tem chopes de cervejarias curitibanas (R$ 10 a R$ 14). Entre as opções que serão servidas no dia, estão esfiha aberta de carne (R$ 5); mjadra, coalhada com pepino e kafta (R$ 22); mjadra e coalhada com pepino (opção vegetariana – R$ 18); coalhada seca com pão sírio e tabule (R$ 18, também vegetariano); hommus, tabule, kafta e pão sírio (R$ 20) e doces sírios (R$ 18 a bandeja com 3 unidades).

>>> Conheça dois restaurantes árabes comandados por refugiados sírios

>>> Conheça o restaurante peruano em Campina Grande do Sul

>>> Pub com estilo londrino serve fish and chips no cone e chope artesanal

Além disso, o lugar vai receber a exposição fotográfica Os Irmãos Sírios, de Diogo Sabóia, com apoio do Laboratório fotográfico Tricolor. O fotógrafo acompanhou três irmãos sírios, Amr, Bahaa e Faiz Houdaifeh durante aproximadamente um ano – e o resultado da experiência ficará exposto no Coletivo Alimentar também a partir desse sábado. Os três saíram de As-Suwayda, no sul da Síria, fugindo da guerra, e vivem em Curitiba. A Exposição tem curadoria da produtora Bruna Fronza de Camargo e do fotógrafo Munir Bucair Filho, residente do Coletivo Alimentar.

Uma das fotos de Diogo Sabóia que estarão na exposição a partir desse sábado. Foto: Diogo Sabóia.

Uma das fotos de Diogo Sabóia que estarão na exposição a partir desse sábado. Foto: Diogo Sabóia.

 

O idealizador do local, Luiz Mileck, explica que esse evento já era um desejo de algum tempo, desde que foi realizado um workshop de comida síria, há alguns meses, no local. “No fim acabou casando de conseguirmos fazer também a exposição, e as duas coisas estão relacionadas, já que as fotos mostram muito do dia a dia dos irmãos, e a gastronomia é algo muito importante no cotidiano dos refugiados, já que muito deles acabam trabalhando com isso, é uma forma de eles trazerem um pouco da cultura deles até nós”, diz.

Serviço
Rua Comendador Macedo, 233, Centro – (41) 3121-1720.  Sábado (24) das 10h às 16h.

Compartilhe

8 recomendações para você