Restaurantes

Premiado

Melhor restaurante da Ásia vai fechar – e como descobri foi frustrante

Divergências entre acionistas adiantaram fechamento, que era previsto para 2020 - chef Gaggan Anand deve abrir outro estabelecimento em até dois meses

por Marina Fabri, especial para a Gazeta do Povo Publicado em 07/08/2019 às 17h
Compartilhe

O 4º melhor restaurante do mundo – e o melhor da Ásia – vai fechar no próximo dia 24 de agosto. E eu descobri da maneira mais frustrante possível: tentando reservar uma mesa. O chef do Gaggan, que fica em Bangkok, na Tailândia, já havia confirmado o fechamento – que originalmente seria em 2020. Como estarei na cidade em novembro deste ano, ainda havia tempo. Já estive na cidade outras três vezes, mas fui adiando minha vontade até este ano, que, por conta do fechamento seria minha chance.

Uma das entradas servidas no restaurante. Foto: Divulgação / Instagram.

Talvez ainda seja possível provar o menu indiano contemporâneo do chef, só que não no mesmo restaurante.

Em busca de mais informações sobre, cheguei à postagem que Anand fez nesta quarta (7) a respeito da situação em seu Instagram. Na legenda, anunciava que o fechamento havia sido antecipado para o fim deste mês – e dizia também que não poderia falar mais em nome do restaurante. Anunciou, porém, que já está trabalhando no projeto de uma nova casa em Bangkok. Este deve abrir as portas em até oito semanas. Com ele, leva também grande parte da equipe do Gaggan.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Family Friends Foodies and Fans time to wake up & read the facts why I can’t answer the questions and can’t tell anything on the current situation as 1. I am not authorized to talk on behalf of gag_gan 2. I am not authorized to give any comments without permission 3. I am not authorized to give any free meals 4. I cannot even say gag_gan in public (I might be watched now for saying this) 5. My chefs & sommelier are not allowed to enter wine cellar and stores without permission 6. Only thing I can do is to cook and have fun with people coming to eat at gag_gan 7. And the last service of gag_gan is 24th August 2019 and me and my team will do our best to be positive and not look at anything that demotivates us 8. I am only 25% shareholder of Gag_gan but I own it in my heart and brain and name 250% But but but … read the link in bio @virsanghvi has broken the news of my new place #hugmeismelllikecurry #gaggananand #

Uma publicação compartilhada por Gagan Anand (@gaggan_anand) em

Conflitos entre acionistas

O Gaggan foi eleito o melhor restaurante da Ásia no último dia 25 de junho, na cerimônia do prêmio The World’s 50 Best. Um dia antes, porém, Anand havia assinado sua demissão como chef. A notícia só foi divulgada cinco dias depois, justamente para que o fato não refletisse negativamente na divulgação da lista dos 50 melhores.

Menu degustação do Gaggan era indiano contemporâneo – cardápio era apresentado com emojis, sem explicações. Foto: Divulgação / Instagram.

Na ocasião ele disse, ao jornal The Strats Times, de Cingapura, que apesar de ter se demitido como ‘colaborador’ da empresa, seguiria como um dos sócios da casa (ele detém 25% das ações). A princípio, a cozinha ficaria sob comando do sous-chef indonésio Rydo Anton. O motivo, declarou, são as divergências que vêm tendo com os demais sócios nos últimos tempos.

Reservas e novo restaurante

Até poucos dias atrás, as reservas do Gaggan estavam abertas para os meses subsequentes. Tanto que os comentários na postagem sobre o fechamento são de pessoas que haviam conseguido reservas para setembro, outubro e novembro. O próprio chef respondeu prometendo prioridade de reserva no novo estabelecimento.

Ainda não há muitas informações sobre o projeto – o que se sabe até o momento é o que o jornalista Vir Sanghvi, do jornal indiano Hindustan Times, adiantou em sua coluna publicada neste dia 7. Ele, que é frequentador do Gaggan há dez anos, conta que a maioria dos funcionários resolveu se demitir com a saída de Anand. Entre eles Rydo. Por conta disso, o chef acabou adiando seus planos de abrir um restaurante no Japão, meta que ele já deixara pública há alguns anos.

“Privado por enquanto, mas público em breve”, divulgou o chef, sobre localização do novo restaurante. Foto: Reprodução / Instagram.

Com seu staff, vai abrir uma casa em Bangkok. A localização ainda não foi divulgada, mas as obras já começaram. A mim, resta aguardar pela abertura da agenda de reservas.

***

VEJA TAMBÉM

>> Comida kosher: conheça a história, ingredientes, especiarias e preceitos

>> Limão taiti, rosa ou siciliano? Entenda as diferenças e veja como usar a fruta por inteiro

Compartilhe

8 recomendações para você