Restaurantes

Aniversário

Próximo de completar 50 anos, Lanches Itália reabre com novo nome e espaço repaginado

Fechado por cinco semanas para reforma, o tradicional estabelecimento famoso pela pizza em fatias, assume sua vocação da "Terra da Bota"

por Patricia Favorito Dorfman, especial para o Bom Gourmet Publicado em 31/10/2018 às 12h
Compartilhe

Desde o dia 22 de outubro a antiga Lanches Itália está reaberta e renovada, inclusive no nome. Agora, Pizza Itália – ou Itália Pizza como está na nova logomarca da fachada, assumindo de vez sua vocação de servir a pizza mais tradicional da capital paranaense.

Massa alta, muita muçarela, molho feito com tomates frescos e orégano. É assim que há 50 anos – que serão comemorados em 2019 – que este pequeno restaurante em uma das mais tradicionais ruas de Curitiba, a Cândido Lopes, serve os curitibanos, turistas e agregados com a receita trazida pelo fundador, Bruno Birindelli.

A nova fachada da Pizza Itália, então Lanches Itália, no centro de Curitiba. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo

A nova fachada da Pizza Itália, então Lanches Itália, no centro de Curitiba. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo

Natural de Lucca, na Itália, Birindelli reproduziu com sucesso a receita de pizza que sua mãe fazia e oferecia à família. Assada em fornos antigos e que não foram trocados na reforma, a pizza em fatias é servida com outra receita tradicional da casa, também criada pelo fundador, a vitamina de mamão, morango, abacate, suco de beterraba, leite, açúcar e sorvete de creme (R$ 7,50 / mista copo). Uma receita que parece improvável, mas que é pedida pela grande maioria dos clientes, muitos já na quarta geração, e que não deixam de visitar a casa quando estão no centro de Curitiba.

> Leia também: Os clássicos sabores da Baixa Gastronomia

Assista ao vídeo que mostra o novo Pizza Itália


Ana Cristina explica, ainda, que a reforma era necessária por uma série de questões práticas, como a atualização da rede elétrica. Mas, que assumir o nome que os clientes davam para o local também foi um ponto levado em conta. “Os clientes mais antigos chamam de Lanches Itália, mas a maioria se refere a Pizza Itália, afinal, é o que fazemos”, confirma. Ela conta que antigamente eram servidos sorvetes, sanduíches, almoço e lanches. Uma variedade grande de possibilidades no balcão. Com o tempo, a pizza tomou conta e, especificamente, a de muçarela. Isso já fazem 17 anos. “Não adianta colocar outras opções para servir no dia a dia, porque a muçarela é campeã. Mas, se o cliente pedir uma pizza inteira das outras opções, as que oferecemos para serem levadas para casa, assamos e servimos”, confirma.

Para Ana Cristina Birindelli Simões, neta mais velha de Bruno e que assumiu o negócio há cinco anos, a reforma do espaço envolveu o resgate das lembranças da família e da cidade. “Sabia que não seria uma tarefa fácil e precisava manter a identidade respeitando a história e a tradição”, conta. A responsável pela obra é a arquiteta Heloise Marlangeon, da Margeon Comunicação Visual.

Campeões de vendas, fatia de pizza mussarela e vitamina. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo

Campeões de vendas, fatia de pizza muçarela e vitamina. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo

Menu

Assim, nada mudou no cardápio da Pizza Itália. A fatia de pizza de muçarela (R$ 7,50) é a estrela da casa, mas para viagem há também as opções de pepperoni e de presunto. São pizzas grandes vendidas prontas só para serem assadas em casa. Se preferir, é possível comprar apenas a massa (R$ 24) para criar em casa a melhor opção. Além da vitamina estão disponíveis outras bebidas, inclusive o famoso pingado (R$ 2,50, o pequeno). Se preferir, há combos. Como o de fatia de pizza mais vitamina mista (R$ 15), fatia de pizza e suco de laranja (R$ 12,50) ou fatia de pizza e refrigerante (R$ 10,50).

  • A renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do Povo
  • A renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do Povo
  • Caricatura de Bruno Birindelli, fundador da Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo
  • Histórica foto da inauguração, em 1969, da então Lanches Itália. Foto: arquivo de família
  • Campeões de vendas, fatia de pizza muçarela e vitamina. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo
  • Pizza de pepperoni para levar, na Pizza Itália. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo
  • A renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do PovoA renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do Povo
  • A renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do PovoA renovada Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi /Gazeta do Povo
  • Caricatura de Bruno Birindelli, fundador da Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do PovoCaricatura de Bruno Birindelli, fundador da Pizza Itália. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo
  • Histórica foto da inauguração, em 1969, da então Lanches Itália. Foto: arquivo de famíliaHistórica foto da inauguração, em 1969, da então Lanches Itália. Foto: arquivo de família
  • Campeões de vendas, fatia de pizza muçarela e vitamina. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do PovoCampeões de vendas, fatia de pizza muçarela e vitamina. Foto: Letícia Akemi / Gazeta do Povo
  • Pizza de pepperoni para levar, na Pizza Itália. Foto: André Rodrigues / Gazeta do PovoPizza de pepperoni para levar, na Pizza Itália. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo
  • Além da fatia, pizza muçarela para levar. Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

<< Culto à pizza! Dois novos museus celebram o ícone italiano >>

Serviço:

 

Leia também: Há 50 anos, Aquarius Panificadora faz parte das madrugadas dos curitibanos

Compartilhe

8 recomendações para você