Restaurantes

Publicação francesa

Saiu a lista dos 1.000 melhores restaurantes do mundo e tem 7 brasileiros

Maní, comandado pela chef Helena Rizzo, ultrapassa D.O.M, de Alex Atala, no ranking francês La Liste

por Talita Boros Voitch Publicado em 04/12/2018 às 16h
Compartilhe

O ranking francês La Liste, projeto do Ministério das Relações Exteriores da França, anunciou os 1.000 melhores restaurantes do mundo de 2019 na última semana. O Brasil tem sete estabelecimentos na lista, que é encabeçada por dois restaurantes empatados com as mesmas notas: Guy Savoy, em Paris, e Le Bernardin, em Nova York.

Pela primeira vez, PR tem dois chefs premiados nos 50 Melhores Restaurantes da América Latina

Prato do Guy Savoy. Foto: Reprodução

Prato do Guy Savoy. Foto: Reprodução

O brasileiro que aparece em primeiro no ranking é o Maní, da chef Helena Rizzo, de São Paulo, que aparece na publicação com a nota 96.00. Atrás dele aparecem o D.O.M, do chef Alex Atala (95.25); Fasano (88.50); A Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda (88.50); Olympe, dos chefs Claude e Thomas Troisgros (80.00); Jun Sakamoto, do chef Jun Sakamoto (80.00); e Carlota, da chef Carla Pernambuco (80.00).

Alex Atala e Felipe Bronze estão na lista dos 100 melhores chefs do mundo

Os países com mais restaurantes na lista deste ano são o Japão, com 148 (liderado pelo Matsukawa), seguido pela China com 143 (liderado pelo The Capital). A França garantiu 116 estabelecimentos entre os 1.000 melhores do mundo, enquanto os Estados Unidos levaram 91. Ambos países dividem o primeiro lugar. Confira a lista completa aqui.

México lidera na América Latina

Na América Latina quem lidera é o México, com 32 estabelecimentos (liderado pelo Dulce Patria). O Brasil empata com o Peru (liderado pelo Maido) no segundo lugar da região, com sete restaurantes na lista.

Os critérios para a formação do ranking levam em consideração informações de cerca de 600 guias locais e outras publicações oficiais, com o cruzamento de dados feitos por uma ferramenta. O ranking leva em conta, ainda, opiniões de chefs, pontuações em sites de avaliação como TripAdvisor. Com as avaliações são feitas médias de pontuações, padronizada pela ferramenta.

Confira os 100 primeiros do ranking do La Liste

LEIA TAMBÉM

Trufa brasileira existe, mas ainda não pode ser consumida

Melhor cachaça é mineira, mas estados menos tradicionais despontam em ranking

 

Compartilhe

8 recomendações para você