Restaurantes

Endereço

Novo bufê por quilo com ar sofisticado em Curitiba

O Donanna Gastronomia, do chef Alexandre Vicki, tem decoração com pinhão e araucárias. Além disso, faz uma homenagem a avó Anna – inspiração na cozinha do chef

por Marina Fabri Publicado em 25/08/2011 às 00h
Compartilhe

Das cadeiras com desenhos de pinhão ao papel de parede estampado de araucárias, o novo restaurante do chef Alexandre Vicki, o Donanna Gastronomia, é uma homenagem a Curitiba. O chef, que tem passagens pelos restaurantes das redes Pestana (em Curitiba e Salvador) e Deville Rayon, e experiência em países europeus, como Portugal e Espanha, conta que a inspiração para a decoração veio justamente daí: da saudade que sentia de comer pinhão quando morou fora.

O Donanna funciona em sistema de bufê por quilo. Mas esqueça a imagem tradicional dos pratos em bandejas de inox. As criações são servidas em panelas de cerâmica que ficam sobre placas térmicas e embaixo de lâmpadas que mantêm os alimentos sempre aquecidos.

Além disso, as plaquinhas explicativas (que levam o nome do alimento) têm um aviso indicando quais pratos são vegetarianos. “Um dos pratos que mais faz sucesso entre os clientes, vegetarianos ou não, é o escondidinho de proteína de soja”, explica ele.

O cardápio servido de terça a sexta-feira (R$ 29,90 o quilo) é composto por pelo menos dois tipos diferentes de arroz (como o integral e uma combinação feita de sete grãos), duas massas, um prato com carne vermelha, um com carne de ave e um com peixe. O menu inclui também várias opções de saladas com folhas orgânicas e frutas. Nos fins de semana, o chef prepara alguns pratos especiais – aos sábados e domingos o quilo custa R$ 35,90.

No sábado, o menu é mineiro – com opções como feijoada, feijão tropeiro e frango com quiabo. No domingo, é a vez de pratos com sotaque europeu, resultados da experiência do chef no Velho Continente. Entre eles estão bacalhau com natas e cabrito feito à moda portuguesa (marinado no vinho tinto, canela e especiarias e assado em fogo lento), ambos podem ser acompanhados de batatas ao murro.

Todos os dias, o chef também prepara opções diferentes de minipasteis. “Em geral, eles fazem muito sucesso, então aproveitei para criar sabores diferentes dos normais, como feijoada com queijo coalho, atum, linguiça, alho-poró com ricota, legumes com gorgonzola, bacalhau e polvo com creamcheese”, diz. A ideia agradou tanto aos clientes que os sabores criativos devem fazer parte do menu de uma petiscaria que ele pretende colocar em funcionamento no local a partir do começo de outubro, nos fins de tarde.Entre as sobremesas, a casa conta com opções individuais de mousses e tortas, como tiramisù (R$ 4,50), além de uma seleção de doces feitos no restaurante, como os pinhões de chocolate recheados com banana passa (R$ 4 a caixinha com cinco unidades) e trufas de sabores variados (chocolate de laranja, frutas do bosque, R$ 2 a R$ 3).

Em família

Todos os ambientes da casa onde está instalado o restaurante foram bolados por ele e pelo seu irmão e sócio, Cesar Vicki. Aventurando-se pela primeira vez em um empreendimento na área da gastronomia, Cesar já tinha experiência na área financeira e de administração. No nome do restaurante, outra homenagem: Dona Anna era a avó dos irmãos. E é quem Alexandre credita como responsável por ensiná-lo a cozinhar. “Fizemos um pequeno ambiente em memória dela, com as paredes pintadas de amarelo, a cor que ela mais gostava, e objetos de decoração que imaginamos que ela aprovaria”, conta.

* * *

Serviço:

Donanna Gastronomia. Rua Moyses Marcondes, 618, Juvevê – (41) 3538-3310. Não tem estacionamento próprio. Capacidade para 102 pessoas. Aberto de terças a sextas-feiras, das 11h30 às 14h30. Sábados e domingos das 12 horas às 15h30.

Tags: bufê buffet
Compartilhe

8 recomendações para você