Restaurantes

Oktoberfest

6 lugares em Blumenau para aproveitar a comida alemã

A festa cervejeira começa nesta sexta (5) e vai até 21 de outubro; veja onde comer fora do Parque Vila Germânica

por Aline Torres, de Blumenau, especial para Bom Gourmet Publicado em 05/10/2018 às 17h
Compartilhe

A Oktoberfest de Blumenau é um verdadeiro acontecimento nacional. Vem gente do
país inteiro disposta a beber chope aos borbotões. Ein Prost! Também não faltam
foliões para apreciar a culinária típica da festa dos descendentes alemães. Uma
experiência incomum, já que os pratos dificilmente serão encontrados em outras
cidades.

Mas os sabores da Oktoberfest não se restringem ao Parque Vila Germânica, onde o
evento ocorre até o dia 21 de outubro. Os restaurantes Moinho do Vale e Wunderwald são famosos por oferecerem um verdadeiro banquete alemão.

Já a tradicional carne de marreco pode ser experimentada de um jeito inovador, como
hambúrguer. E se o desejo for por fartura, o CafeHaus Glória, oferece um dos cafés
coloniais mais conhecidos de Santa Catarina. Para completar o passeio a dica é o tour
pela Fábrica da Cerveja Blumenau, para conhecer os detalhes do processo produtivo
e ter a chance de experimentar os rótulos da marca.

Outra experiência válida é acompanhar o desfile da Oktoberfest na Rua XV de Novembro.
Bandinhas, grupos folclóricos e carros alegóricos garantem um divertido espetáculo às
quartas (19h30) e aos sábados (16h). Para entrar no clima da festa basta decorar o
hino. “Hallo Blumenau! Bom dia, Brasil! Dezessete dias de folia, música, cerveja e
alegria”.

>> “Cozinha alemã não se resume a marreco e chucrute”, diz chef da Oktoberfest

Moinho do Vale

joelho de porco

Joelho de porco do Moinho do Vale. Foto: Divulgação

No Moinho do Vale, o almoço é buffet livre, chance para experimentar vários pratos
típicos em uma mesma refeição. Tudo com uma linda vista para o rio Itajaí-Açu. São
servidas iguarias como wurst (salsichas), eisbein (joelho de porco), kassler (carne de
porco defumado) e hackepeter (carne crua temperada), acompanhadas de repolho
roxo, chucrute e purê de maçã. As sobremesas mais apreciadas são a torta alemã,
strudel de maçã, sagu, pudim de leite e estrogonofe de nozes. De segunda a sexta, o buffet custa R$58,90 e aos finais de semana R$69.

Serviço: Rua Porto Rico, 66 – Ponta Aguda. Terça a sábado – 11h30 até meia-noite. Domingo – 11h30 às 15h

***

WunderWald

O WunderWald fica na estrada que liga Blumenau a Pomerode, conhecida por ser a
cidade mais alemã do Estado, e funciona em uma autêntica casa enxaimel. No menu
da casa há onze pratos da típica culinária dos imigrantes que povoaram Santa
Catarina. O restaurante chega ao ponto de mesclar no cardápio palavras em alemão
como bockwurst (batatas cozidas), spätzle (massa caseira) e kassler (bisteca de porco
defumada e grelhada).

Fritz, Frida & Cia

Fritz, Frida & Cia. Foto: Divulgação

Destaque para o Fritz, Frida & Cia para quatro pessoas, marreco recheado,
guarnecido com quatro batatas cozidas, mostarda, raiz forte, repolho roxo com passas,
chucrute, purê de maçã, nhoque de batata doce, aipim frito e arroz (R$233). Eisbein,
joelho de porco temperado, guarnecido com chucrute, raiz forte, mostardas, batatas
cozidas, ervilhas na manteiga, duas bockwurst e arroz (R$ 76) e goulash, carne em
cubos com molho ferrugem e páprica picante, guarnecido com spätzle e arroz (R$ 83)

Serviço: Rua 15 de Novembro, 8444 – Rodovia Blumenau. Segunda a sexta – 11h30 às 15h30 e das 18h às 22h30 . Sábados – 11h às 16h e das 18h às 23h. Domingos – 11h às 16h

***

Nana

Sucesso há três anos, a chef Nana Oliveira traz mais uma vez durante a temporada da
Oktoberbest o hambúrguer de marreco com kreuterkaese (queijo artesanal), nibs de
bacon, repolho roxo e purê de maçã verde (R$28). Os fornecedores são todos locais,
o hambúrguer é da Germânia Alimentos, o repolho da centenária Hemmer e o
kreuterkaese da Pomerode Alimentos.

Hambúrguer de marreco

Hambúrguer de marreco. Foto: Divulgação

O hambúrguer está disponível até o fim de outubro no Nana B, preparado na chapa, e
na Nana Hamburgueria, feito na grelha.

Serviço: Nana B – Neumarkt Shopping – Rua Sete de Setembro, Centro. Terça-feira a domingo – 18h às 23h. Nana Hamburgueria – Rua Antônio da Veiga, 484, Victor Konder. Segunda a Domingo – das 10h às 22h

***

K! Batata

batata calabresa

Batata calabresa da K! Batata. Foto: Divulgação

Uma das iguarias mais comuns na Oktoberbest é a batata recheada. Para aqueles que
quiserem experimentá-la, longe das disputadas filas da Vila Germânica, tem uma
lanchonete especializada na cidade. A K! Batata oferece 23 sabores, os mais pedidos
são de linguiça Blumenau, requeijão, mussarela e batata palha (R$ 22,50) e bacon,
requeijão, mussarela e batata palha (R$19,50). Os preços variam de R$14 a R$25,90

Serviço: Rua Benjamin Constant, 2008 – Escola Agrícola. Segunda a sábado – 10h30 até meia-noite. Domingo – 18h às 23h

***

CafeHaus Glória

cafehaus

Foto: Divulgação

Se a vontade for por uma bela e farta mesa, a pedida é pelo CafeHaus Glória, o mais
tradicional café colonial de Blumenau, fundado em 1977. O colorido gastronômico
deixa o cliente deliciosamente confuso. É difícil saber por onde começar. São pães,
tortas, doces caseiros, cucas, bolos, frios e muitos outros quitutes.

Serviço: Segunda a sábado – das 15h às 20h. Buffet livre R$ 43. Preço por quilo, R$72.

***

Fábrica de Cerveja Blumenau

Fábrica de Cerveja Blumenau

Fábrica de Cerveja Blumenau. Foto: Divulgação

Para os cervejeiros um passeio indicado é pela fábrica da Blumenau. A marca tem 14 rótulos, muitos deles, premiados. Das capivaras têm a Little IPA, a Double IPA, a
Session IPA e a Baby. A Ipê Amarelo é uma lager lupulada, de cor dourada, com
espuma abundante. Destaque para a Frida Blond Ale e a Catharina Sour, cervejas
mais leves e refrescantes. A Vila Weissbier tem uma acidez também leve, textura
aveludada e aromas de tutti fruti e banana. A 1850 – Barley Wine é uma cerveja
marrom com toques de chocolate no aroma. Mais complexas têm a Macuca, com seis
tipos de malte, e a Blumenauer. A Confraria 66 é para aqueles que apreciam uma
cerveja mais encorpada e a Alles é uma pilsen.

O passeio dura 40 minutos e custa R$ 20 por pessoa. O valor é revertido nos quatro
chopes servidos na degustação. Para apreciar os outros rótulos há um bar na fábrica,
onde também é servido almoço e comida de boteco.

Serviço: Visitação das 9h às 19h. Rua Arno Delling, 388 – Itoupavazinha

LEIA TAMBÉM:

>> 7 lugares para se deliciar com a comida alemã em Curitiba

>> Passo a passo de strudel de abacaxi

 

Compartilhe

8 recomendações para você