Restaurantes

OS MELHORES

Premiados restaurantes de Curitiba que você tem que conhecer

Conheça restaurantes vencedores do Prêmio Bom Gourmet na categoria Melhor Restaurante

por Bom Gourmet Publicado em 29/01/2019 às 11h
Compartilhe

Culinária local, gastronomia internacional e clássicos franceses são destaque nos melhores restaurantes da capital paranaense. Confira os três vencedores da categoria Melhor Restaurante pelo Prêmio Bom Gourmet.

NOMADE – NOMAA HOTEL (2018)

  • Bacalhau cod gadus morhua
  • linguiça moura
  • Melhores do ano prazeres da mesa
  • brunch no nomade
  • Bacalhau cod gadus morhuaBacalhau cod gadus morhua do Nomade. Foto: André Nacli
  • linguiça mouraA linguiça artesanal da raça Moura é um dos itens fixos do Nomade, de Lênin Palhano. Foto: Fernando Zequinão/ Gazeta do Povo
  • Melhores do ano prazeres da mesaFoto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo
  • brunch no nomadePingado de cogumelos com café e pão de queijo, do brunch do restaurante. Foto: Divlugação

O restaurante é comandado desde a inauguração, em 2015, pelo chef Lênin Palhano, que propõe um cardápio que valoriza a cultura local, a produção artesanal e os ingredientes sazonais. Para isso, usa produtos frescos e orgânicos de pequenos produtores, como a ricota da Lapa e vegetais produzidos em hortas urbanas. No preparo, o chef resgata técnicas ancestrais, como a defumação e a cura, para criar combinações que refletem as influências migratórias características do Paraná.

O restaurante fica localizado no hotel Nomaa e é aberto ao público. Serve café da manhã e brunch à vontade e jantar à la carte. O cardápio conta com opções sem glúten e sem lactose, e a carta de vinhos tem 129 rótulos das principais regiões produtoras do mundo. Capacidade: 46 pessoas, além de uma varanda para 16 pessoas. Preço: de R$ 75 (arroz de bacalhau com ovo perfeito e crocante de mandioquinha) a R$ 125 (entrecôte, purê de cebola e vegetal tostado na manteiga), no jantar. Café da manhã, R$ 64 (por pessoa) e brunch, R$ 154 (por pessoa).

***

RESTAURANTE DURSKI (2017 e 2016)

  • pierogi do durski
  • Salão do restaurante Durski. Foto: Gerson Lima/ Divulgação
  • Adega do restaurante. Foto: Gerson Lima/divulgação
  • pierogi do durskiPierogi com linguiça defumada está no cardápio do Restaurante Durski. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo
  • Tournedos Rossini. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo
  • Carré de cordeiro. Foto: Rodrigo Fonseca/Gazeta do Povo
  • Couvert do restaurante. Foto: Rodrigo Fonseca/Gazeta do Povo

Inaugurado em 1999, é referência na alta gastronomia internacional, com destaque para os menus ucraniano e polonês. Sob o comando do chef Junior Durski, serve massas, carnes, sopas, saladas, peixes e sobremesas. O Banquete Eslavo é marca registrada: servido para a mesa inteira, é composto por nove pratos típicos, como geleia de leitão, pierogi e frango Kiev (R$ 110 por pessoa). O restaurante abriga uma das mais famosas e premiadas adegas do país, com 11 mil garrafas em estoque. Capacidade: 40 pessoas. Preço: de R$ 25, o couvert a R$ 145, o tournedo rossini com legumes assados.

***

LA VARENNE (2015)

  • Steak tartare do La Varenne
  • Tournedos rossini
  • Ravióli de bacalhau
  • Steak tartare do La VarenneSteak tartare do La Varenne. Foto: divulgação
  • Tournedos rossiniTournedos rossini. Foto: divulgação
  • Ravióli de bacalhauRavióli de bacalhau do La Varenne. Foto: Divulgação
  • Cálice de doce de leite do La Varenne, eleita a melhor sobremesa de Curitiba em 2017. Foto: divulgação
  • Foto: Vanessa Kosop/Divulgação
  • Restaurante La Varenne. Foto: Vanessa Kosop

O La Varenne aposta em clássicos franceses revisitados com toques da culinária italiana e brasileira. À frente da cozinha, o chef Felipe Miyake propõe massas artesanais, saladas, risotos e um leque variado de carnes e frutos do mar, que vai do entrecôte ao bacalhau selvagem da Islândia. Durante a semana, o restaurante serve almoço executivo com quatro opções de menu. O ambiente é assinado pela arquiteta Fernanda Cassou e segue uma linha similar à cozinha contemporânea: linhas retas e materiais naturais. Capacidade: 134 pessoas. Preço: de R$ 15, o couvert a R$ 164, o prato de camarão rosa grelhado à provençal com palmito, abobrinha e tomates.

LEIA TAMBÉM:

>> Conheça 10 restaurantes imperdíveis em São Paulo

>> Osteria, trattoria e ristorante: entenda as diferenças dos locais típicos da Itália

>> “Alta cozinha se faz também com ingredientes simples”, diz chef Andoni Aduriz

 

 

Compartilhe

8 recomendações para você