Plantão

Riqueza local

Prêmio Bom Gourmet 2020 vai contemplar produtos e pratos do interior do Paraná

A 11ª edição do Prêmio Bom Gourmet vai destacar pratos típicos do interior do Paraná e contar as histórias de quem produz os ingredientes únicos do estado

por Guilherme Grandi Publicado em 04/09/2019 às 19h
Compartilhe

Se até agora o mais importante prêmio da gastronomia paranaense destacava os melhores pratos, chefs e restaurantes de Curitiba, quem produz os alimentos também receberá um olhar todo especial a partir do ano que vem. O Prêmio Bom Gourmet de 2020 será estendido ao interior do Paraná para mostrar ao Brasil algumas das riquezas culinárias do estado, com as histórias de seus principais personagens e os mais típicos preparos paranaenses.

Prêmio Bom Gourmet

A próxima edição do Prêmio Bom Gourmet vai celebrar também os pratos típicos do interior do Paraná. Foto: Michel Willian/Gazeta do Povo.

A proposta é fruto de uma parceria criada há três anos entre a Gazeta do Povo e o programa Gastronomia do Paraná, um dos pilares da campanha de incentivo ao turismo do estado. A ideia é promover o potencial turístico de 14 regiões estabelecidas, como as Rotas do Pinhão ao redor da capital, os Campos Gerais, o Litoral, entre outras. E um dos motores desse incentivo é justamente a gastronomia, como explica Aldo César de Carvalho, diretor de marketing da Paraná Turismo.

“A gastronomia é o setor do turismo que mais emprega e gera recursos. Até mais que a hotelaria e serviços de transporte. O turista busca hoje o que a gente chama de ‘turismo de experiência’, de experimentar a comida típica, e é isso que incentivamos no programa da mesma forma que o Prêmio Bom Gourmet faz em Curitiba”, analisa.

Em um primeiro momento, devem ser contempladas com a premiação de oito a dez regiões com seus pratos típicos, entre eles a Quirera da Lapa, o Barreado de Morretes, o Carneiro no Buraco de Campo Mourão, o Porco no Rolete de Toledo. Aldo explica que a dinâmica do Prêmio Bom Gourmet para estas regiões ainda está sendo elaborada, uma vez que a área técnica da Paraná Turismo está pesquisando as origens destes pratos.

“É a partir da pesquisa das raízes dos pratos que vamos definir quais regiões vão participar da próxima premiação, quais os pratos que serão avaliados e como eles serão premiados, se serão os melhores chefs, produtores incentivadores, entre outras categorias que podem ser contempladas. É como em Curitiba, mas em uma escala menor e mais focada no que há efetivamente de mais típico”, esclarece Aldo César de Carvalho.

Gente que faz

Premiados Bom Gourmet

Destaque para os premiados de 2019. Foto: Michel Willian/Gazeta do Povo.

São os produtores e incentivadores da gastronomia típica que mais vão somar ao Prêmio Bom Gourmet em 2020. Segundo Andréa Sorgenfrei, gerente do Núcleo Estilo de Vida da Gazeta do Povo, tão importante quanto premiar quem faz os pratos mais estrelados é enaltecer quem produz os alimentos usados neles.

“É um desafio quando a gente chega nos dez anos (do Prêmio Bom Gourmet). Para 2020, a nossa grande meta é olhar para o interior do estado, ver a grande riqueza que existe na gastronomia local e jogar luz nesse trabalho. Tem muita coisa interessante que a gente precisa contar para o Brasil inteiro”, analisa. De acordo com ela, o Brasil já vê o que é feito aqui, mas agora é hora de contar essas histórias com mais profundidade, chancelando as práticas mais relevantes, inovadoras e de qualidade.

A próxima edição do Prêmio Bom Gourmet também terá um olhar especial para as iniciativas de gestão e atendimento nos restaurantes de culinária típica, com o objetivo de tornar a gastronomia do Paraná reconhecida nacional e internacionalmente.

“Nós temos um planejamento de dez anos de 2016 a 2026, criando uma identidade forte para a gastronomia paranaense, fazendo dela um forte atrativo turístico e aumentando ainda mais o fluxo de turistas no estado. Queremos que a nossa gastronomia seja reconhecida até mesmo fora do país, mas feita por quem é daqui e com ideias e conceitos pensados por gente nossa”, analisa Carvalho, mencionando o programa Paraná Turístico 2026.

O projeto levou dois anos para ser desenhado pelo Conselho Paranaense de Turismo com a participação de mais de 1.000 profissionais paranaenses de 52 instituições do estado.

É daqui!

Produtos Prêmio Bom Gourmet

Alguns dos produtos com Indicação Geográfica do Paraná apresentados durante o Prêmio Bom Gourmet 2019. Foto: Michel Willian/Gazeta do Povo

Os estudos para a próxima edição do Prêmio Bom Gourmet vão contemplar os produtos reconhecidos com o registro de Indicação Geográfica (IG), que fazem parte da campanha Gastronomia Origens Paraná, promovida pelo Sebrae. Cinco dos 14 produtos que conquistaram o selo foram apresentados durante a festa do Prêmio Bom Gourmet, em agosto.

Os chefs mostraram como valorizar os produtos regionais com pratos de alta qualidade”, analisa Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae/PR. O selo é concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para preservar as tradições locais, diferenciando produtos e serviços e melhorando o acesso ao mercado com o objetivo de promover o desenvolvimento regional.

Para Ana Amélia Filizola, diretora da unidade de jornais do GRPCOM, estender o Prêmio Bom Gourmet para o interior do estado é uma evolução natural e que a premiação ajudou no amadurecimento da cena gastronômica local nestes dez anos.

“Eu acredito que a gastronomia de Curitiba e do Paraná evoluiu muito graças ao apoio e ao olhar do Bom Gourmet, unindo e discutindo o mercado de toda a cidade e o estado. E não é só na questão dos restaurantes, mas também dos fornecedores, dos produtos de origem, em todas as questões de saúde, tudo isso está relacionado com o trabalho que realizamos na Gazeta do Povo”, afirma.

VEJA TAMBÉM

Tudo o que rolou na 10ª edição do Prêmio Bom Gourmet

O público elegeu 23 melhores pratos de Curitiba: veja os campeões

Veja quem fez a diferença nos 10 anos de Prêmio Bom Gourmet

Compartilhe

8 recomendações para você