i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Jack Daniel's

O que o carvão tem a ver com a produção de whisky? A gente foi descobrir

  • PorGisele Rech
  • 19/08/2020 18:56
  • Atualizado em 25/08/2020 às 17:05
O que o carvão tem a ver com a produção de whisky? A gente foi descobrir
| Foto: Divulgação/Jack Daniels

Quando a gente fala em carvão, especialmente na gastronomia, é comum se pensar, automaticamente, em uma churrasqueira estalando de quente, com generosas fatias de carne assando, que costumam exalar um aroma quase inebriante de defumação.

Por isso, descobrir que o carvão faz parte do processo de produção de um tipo de whisky - mais especificamente, do Jack Daniel's - , atiçou nossa curiosidade e o Bom Gourmet foi atrás da resposta para a pergunta: o que o carvão tem a ver com o essa bebida destilada consumida em todo o mundo?

De cara, descobrimos que essa relação existe, de modo específico, no processo de produção do whiskey do Tennessee, no centro-sul dos Estados Unidos. Aliás, aqui é importante pontuar que no país norte-americano (assim como no Japão e na Irlanda), o nome da bebida é grafado na forma whiskey, com esse "e" a mais, diferente do que ocorre no Brasil e na maior parte do mundo.

É no estado do Tennessee, mais precisamente em Lynchburg, que está instalada a única fábrica do Jack Daniels do mundo, que fornece o produto para 175 países. Com apenas um semáforo e uma população de apenas seis mil habitantes (contando todo o condado de Moore), a cidadezinha guarda uma curiosidade: ali, por opção da comunidade, até hoje vale a lei-seca, decretada nos Estados Unidos no início do anos 1920 e que vigorou em todo país, obrigatoriamente, até 1933. Nunca o ditado popular "casa de ferreiro, espeto de pau" fez tanto sentido!

Apesar da ironia, o fundador da destilaria, Mister Jasper Newton Daniel, que recebeu a alcunha de Jack e deu nome ao whiskey, fincou os alicerces da fábrica ali em 1866 e os manteve no local, mesmo após decretada a lei-seca, por uma razão em especial: a qualidade da água, totalmente livre de ferro, que faz toda a diferença no resultado final da bebida: pura alquimia!

O charcoal mellowing é o processo que envolve o carvão na produção de whiskey. Foto: Divulgação/Jack Daniel's
O charcoal mellowing é o processo que envolve o carvão na produção de whiskey. Foto: Divulgação/Jack Daniel's| " "

Mas, e o carvão, finalmente, onde entra nessa história toda? De acordo com Caio Almeida, gerente da Jack Daniel's no Brasil, a passagem da bebida pelos tanques de carvão, no processo chamado "charcoal mellowing", tem uma função bem clara: suavizar o whiskey. "É o uso do carvão no processo que torna o Jack Daniel's um Tennessee Whiskey e não um bourbon ou um scotch, por exemplo", explica. E aqui, é importante lembrar, que é usado um tipo específico de madeira para a queima - o Maple - que é acesa com o próprio Jack Daniel's como combustível.

O fogo colocado nos tanques de carvão é ateado usando Jackie Daniel´s como combustível. Foto: Divulgação/Jack Daniel´s
O fogo colocado nos tanques de carvão é ateado usando Jackie Daniel´s como combustível. Foto: Divulgação/Jack Daniel´s

Antes de chegar ao processo de filtragem pelo carvão, a bebida passa por algumas etapas. A primeira é a criação do mosto a partir da água, totalmente livre de ferro, misturada ao chamado sour mash, que inclui milho, centeio e cevada maltada.

Depois do processo de fermentação, o produto segue para a destilação, que separa o álcool da água. "É em seguida que o Jack Daniel's segue para os tanques de três metros de altura cheio de carvão na temperatura controlada. A bebida atravessa o carvão gota a gota e, cada uma delas, pode levar até cinco dias para concluir a travessia", explica Almeida.

A bebida cai, gota a gota no tanque, onde leva até cinco dias para atravessar o carvão. Foto: Divulgação/Jack Daniel's
A bebida cai, gota a gota no tanque, onde leva até cinco dias para atravessar o carvão. Foto: Divulgação/Jack Daniel's

Por fim, a bebida chega a barris de carvalho americano virgens. "Usamos o barril uma única vez para que ele libere toda a cor e sabores característicos do Jack Daniel's", diz. Depois de utilizados, os barris são encaminhados para reaproveitamento em outras indústrias, como de tequila e de pimenta.

Outra peculiaridade que diferencia o whiskey do Tennessee dos demais é o tempo de armazenamento no barril, que não tem um prazo cravado, mesmo porque a destilaria trabalha com as variações climáticas da região, onde as temperaturas vão de 0 a 30 graus ao longo do ano. "O clima influencia muito no processo de maturação, que acaba sendo variável durante o ano e de ano para ano também. Costumamos brincar que a idade não define a maturidade", reforça Almeida.

Nesse ponto, você deve estar se perguntando: mas como é possível saber a hora exata de engarrafar o produto, para que ele mantenha sempre as mesmas características e padrão de qualidade, incluindo a suavidade proporcionada pelo uso do carvão e os aromas dos barris de carvalho americano em seu processo de produção?

O tempo de descanso do whiskey nos barris depende das variações climáticas. Foto: Divulgação/Jack Daniel's
O tempo de descanso do whiskey nos barris depende das variações climáticas. Foto: Divulgação/Jack Daniel's| " "

No caso da fábrica da Jack Daniel's, o responsável por provar e coordenar uma equipe com o paladar super afiado é o mestre-destilador Jeff Arnett. Aliás, é dele a afirmação de que o charcoal mellowing "traz coisas que só seriam trazidas para o whiskey em anos de barril". Em síntese, mais do que suavizar a bebida, o carvão é fundamental para fazer com que o autêntico whiskey do Tennessee chegue ao seu copo com as características únicas tão apreciadas ao redor do mundo.

Jeff Arnett comanda a equipe de degustadores da fábrica do Jack Daniel's. Foto: Divulgação/Jack Daniel's
Jeff Arnett comanda a equipe de degustadores da fábrica do Jack Daniel's. Foto: Divulgação/Jack Daniel's| " "
4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luciano Cezar Marca

    ± 6 dias

    Interessante, carvão para suavizar e acelerar o processo de beneficiamento do wisky. Jamais eu imaginaria que o suave sabor do Jack Daniels passaria por esse processo. Parabéns pela excelente mateira.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      Jorge Dias

      ± 6 dias

      Boa! Jack Daniels Honey é a melhor bebida para socializar que existe!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Ricardo Munhozdarocha Guimarães

        ± 6 dias

        Que legal saber dessas curiosidades, o sucesso não vem à toa! Eu soube que o carvão é utilizado com frequência em vários destilados envelhecidos em barris tostados por dentro para fornecer esses diferentes aromas.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • S

          Stefan

          ± 6 dias

          Excelente matéria!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          Fim dos comentários.