Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Aprenda a temperar o peixe.
Aprenda a temperar o peixe.| Foto: RitaE/Pixabay

No calor, nada melhor do que um peixinho para matar a fome no almoço ou jantar. Os peixes podem ser servidos assados, cozidos, fritos ou grelhados. E existem pescados para todos os gostos. Dos mais gordurosos e de sabor marcante, como a tainha e a anchova, até os mais suaves, como o linguado.

A verdade é que para cada tipo de peixe existe um melhor modo de preparo para preservar o sabor e a textura da carne, mas algumas dicas básicas de tempero podem ser usadas para a maioria dos peixes sem erro. Confira:

Moderação é regra

A máxima na hora de temperar o peixe é: os ingredientes nunca podem roubar a cena do protagonista. Isto é, os temperos nunca devem se sobressair em relação ao sabor do peixe escolhido. Essa é a principal dica na hora de escolher o que vai bem com o pescado. Em peixes mais suaves, cuide com as ervas escolhidas. Nos de sabores mais marcantes é possível “carregar” a mão nos temperos um pouco mais.

Marinada essencial

Uma boa marinada é sempre indicada para que o peixe absorva sabores e fique suculento. Um bom tempo de marinada para carnes brancas é algo em torno de duas horas. A chef Eva dos Santos, do Bistrô do Victor, em Curitiba, recomenda uma combinação delicada com vinho branco seco (que realça o sabor dos peixes), água, sal, pimenta em grãos, manjericão e raspas de laranja ou limão.

Dissolva excessos no azeite

Se você achar que uma erva específica ou tempero é tão forte que vai interferir demais no sabor do peixe, mas não quer deixar de usá-la, dissolva o ingrediente no azeite. A dica é da chef Mirian Marcatti, da Boutique Pescados Hermes, de São Paulo. Assim o tempero não vai interferir tanto no sabor final do prato.

Recheie com capricho

Se o peixe for inteiro, vale caprichar no recheio antes de assá-lo. Uma boa dica é rechear com farofa (quanto mais úmida melhor) ou um maço de ervas. Alecrim também é um tempero que vai bem com peixes, como pescadas brancas.

E NÃO ESQUEÇA

Para um resultado saboroso,  antes de temperá-lo é: o peixe deve estar bem limpo e fresco. O frescor faz muita diferença no sabor final no preparo do produto, facilmente percebido por quem vai degustar o prato.

Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.
Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo
2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]