Produtos & Ingredientes

Para refrescar

Chá mate vira gelato em rede de sorveteria italiana no Brasil

Edição limitada custa a partir de R$ 12 e faz parte da seleção de sabores do mês da Bacio di Latte, que tem 109 unidades no Brasil

por Guilherme Grandi Publicado em 09/03/2019 às 12h
Compartilhe

Quem for a uma das 109 lojas da Bacio di Latte em todo o país até o final do mês poderá experimentar um sabor muito conhecido dos paranaenses e também das praias cariocas. O chá gelado da Matte Leão virou um gelato em edição limitada, a primeira investida da marca no mercado de sorvetes.

Sorvete mate

O sorvete de chá mate gelado é servido até o final do mês nas lojas da Bacio Di Latte. Foto: divulgação.

A variedade começou a ser vendida no final de fevereiro como parte da seleção que a marca de gelato faz todos os meses, com edições limitadas de sabores. O sorvete de chá mate é preparado sem aromatizantes, conservantes ou corantes.

Segundo Fábio Medeiros, diretor de marketing da Bacio di Latte, o sorvete ficou com um sabor idêntico ao do chá gelado.

“O processo é muito simples: leite, creme de leite, açúcar e Matte Leão. Esses ingredientes passam por pasteurização e depois viram gelato na máquina de gelato”, explica.

Já Marcelo Correa, gerente nacional de vendas da Leão Alimentos (que hoje faz parte da Coca-Cola), o sorvete é como uma extensão do mate servido gelado nas praias cariocas.

“Ele é quase um patrimônio cultural do Rio de Janeiro, mesmo tendo nascido no Paraná. A história do Matte nos verões vem desde a década de 1950”, explica. O chá da Matte Leão surgiu no Paraná em 1901, em uma das primeiras ervateiras do estado com a produção feita em Curitiba.

Além do sorvete de chá mate gelado, a seleção do mês também tem os sabores de limonada com gengibre e malte crocante e é vendida a partir de R$ 12 o copinho de 120 g.

>> Leia também: Cervejaria gaúcha lança cerveja Mito, criada em homenagem a Jair Bolsonaro

Compartilhe

8 recomendações para você