Restaurantes

buffet tradicional

Aos 84 anos, “tia” Zarica comanda um dos melhores restaurantes por quilo do país

Tia Zarica funciona há 25 anos em Belo Horizonte e neste ano ganhou o título no concurso O Quilo é Nosso

por Lorena K. Martins, de Belo Horizonte, especial para Bom Gourmet Publicado em 13/11/2018 às 07h
Compartilhe

Há 25 anos atrás, quando Maria Zarica de Andrade Soares abriu o seu restaurante no bairro Floresta, região leste de Belo Horizonte, ela não imaginava que, aos 84 anos, estaria comemorando o prêmio de melhor estabelecimento de comida a quilo de Minas Gerais.

A receita simples de frango empanado com molho refrescante do restaurante Tia Zarica foi a responsável pelo título estadual no concurso “O Quilo é Nosso”, realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Café nitrogenado e cold brew para fazer em casa são novidades no Salão Internacional do Café

emapanado da tia zarica

Empanado sem culpa com molho refrescante do Restaurante Tia Zarica. Foto: Abrasel MG.

No Brasil, o campeão foi o Gaúcho’s Gourmet, de Manaus, que conquistou com o prato lombo de pirarucu à Solimões. É o segundo ano consecutivo em que o Amazonas fica com a premiação máxima do concurso.

Neste ano, o tema do concurso foi “Saudável e natural do Brasil” e, por isso os estabelecimentos elaboraram uma receita exclusiva que obedecesse os critérios do tema e, assim, colocá-la no buffet da casa. “Há pouco mais de um ano, passamos a utilizar uma nova forma de cocção feita com um forno combinado. Ele permite que os alimentos fiquem mais saudáveis e sem precisar fritar. O frango empanado, que sempre fez parte do nosso buffet, foi assado, sem precisar ser imerso na gordura para ficar crocante. Já o molho para acompanhar é feito a base de iogurte e hortelã”, explicou o sócio-proprietário Marcelo Soares, um dos filhos da “tia” Zarica.

Cafés de MG e ES são eleitos os melhores do Brasil em 2018

O concurso

Em Minas Gerais, 18 restaurantes (todos de Belo Horizonte) participaram da primeira etapa d’ O Quilo é Nosso e os três mais votados, por meio de votação popular, foram respectivamente os estabelecimentos Daniel’s Cook, Tia Zarica e Verdinho. Ao longo de duas semanas, moradores de Belo Horizonte elegeram seus pratos favoritos votando com notas de zero a cinco em itens como limpeza, qualidade geral do buffet, atendimento, receita e ambiente.

restaurante tia zarica buffet

O restaurante Tia Zarica serve cerca de 300 clientes por dia. Foto: Paula Carolina

Na sequência, esses três vencedores foram avaliados por um júri de renomados chefs. Às cegas, sem saber de quais estabelecimentos eram os pratos, eles julgaram as receitas e elegeram, então, o melhor restaurante em cada Estado. Os jurados analisaram as receitas e entre os critérios avaliados estavam a praticidade, a criatividade e a viabilidade de replicação. Ao todo, o concurso reuniu, neste ano, 12 estados participantes e 24 cidades.

Como fazer brie empanado, crocante por fora e derretido por dentro

Maria Zarica de Andrade Soares

A fundadora do restaurante, Maria Zarica de Andrade Soares. Foto: Divulgação

“O resultado caiu como uma grande surpresa. É a primeira vez que trabalhamos em um concurso. A gente acredita muito nessa mudança da comida a quilo com opções mais saudáveis. Reduzimos também o sal, a gordura e o açúcar na preparação de todos os alimentos, mas sem comprometer o sabor”, disse Marcelo.

Leia também: Buffet de Curitiba vence pela 2.ª vez o concurso de melhor quilo do PR

tia zarica

Entrada do restaurante Tia Zarica, em BH. Foto: Paula CarolinaQualidade, variedade e preço justo são apenas algumas das características atrativas dos restaurantes de balança, em geral. Para Marcelo, o segredo de se manter há 25 anos na categoria é “ter uma variação de opções no buffet ao mesmo tempo que mantemos algumas sempre estáveis e que são procuradas pelos clientes. Outra coisa é a utilização de ingredientes da época para manter o preço para o cliente”, explica.

Ali, o quilo custa R$ 34,90 (de segunda a sexta); R$ 44,90 (sábados) e R$ 46,90 (domingos e feriados). Outra diferenciação é que os pratos são todos aprovados pela “tia” Zarica. “Ela prova tudo antes de servir. Se não passar pelo crivo dela, não sai nada”, disse Marcelo.

Conheça o júri

Foram selecionados pela revista Prazeres da Mesa oito especialistas em gastronomia. São eles: Ivo Abrahão (Tavares); Thiago Cerqueira (Loup); Marcia Garbin (Gelatto boutique); Marisabel Woodman (La Peruana); Wanderson Medeiros (Picuí); Gil Guimarães (Bacco Pizzaria, Napoli Centra le e C6 Hamburgueira); Marcos Livi (Quintana, Veríssimo, Napoli Centrale e C6 Hamburgueria), e Ricardo Castilho (revista Prazeres da Mesa).

Compartilhe

8 recomendações para você