Bebidas

Vinho

Tintos também combinam com calor

Rótulos com pinot noir vão bem com pratos leves, desde que não estejam acompanhados de molhos encorpados

por Agência RBS Publicado em 09/01/2015 às 11h
Compartilhe

A crença de que apenas os vinhos brancos são aceitáveis no calor do verão pode ser deixada de lado. Os vinhos tintos são muito bem-vindos. Principalmente se elaborados com a variedade pinot noir. É uma uva de caráter fresco, com menos taninos e aromas frutados de frutas vermelhas, como morango, cereja, framboesa, mirtilo e amora.

“Não é um vinho estruturado, que dá aquela sensação de enrugamento da boca, como o cabernet sauvignon, por isso é fácil de beber”, explica o sommelier João José. “E o caráter ácido da uva é o que confere refrescância à bebida”, diz. Segundo ele, as pessoas estão aprendendo a beber os tintos nas épocas quentes, antes prioritariamente de brancos e espumantes.

“A questão é que o público brasileiro preferia variedades de uvas como cabernet sauvignon e carmenère, que são mais estruturados e alcoólicos e não combinam com a temperatura.”

Mas isso está mudando. Agora, o público tem começado a se identificar com outros tipos de vinhos e procurado uvas como a pinot noir, que produz vinhos mais jovens. Originária da Borgonha, na França, a casta pinot noir também tem produção de destaque em países como Nova Zelândia, Chile, Argentina, Estados Unidos e Alemanha. No Brasil, tem sido bem explorada na Serra Catarinense, no Vale dos Vinhedos e na Campanha Gaúcha.

Compartilhe

8 recomendações para você