Restaurantes

Inauguração

Bistrô traz pratos inspirados no homem e mulher

O chef Rodrigo do Prado, que comanda o Virginia Bistro, criou um equilíbrio com pratos mais fortes e outros mais suaves para agradar o paladar

por Flávia Schiochet Publicado em 06/05/2015 às 21h
Compartilhe
Carré de cordeiro com crosta de castanha de caju, musseline de aipim com maracujá e caramelo de hortelã (R$ 70). Fotos: Guilherme Portella/Divulgação

Carré de cordeiro com crosta de castanha de caju, musseline de aipim com maracujá e caramelo de hortelã (R$ 70). Fotos: Guilherme Portela/Divulgação

“Aqui não tem freezer”, dispara o chef Rodrigo do Prado. Todos os insumos do Virginia Bistrô, casa que abre nesta quinta-feira (7) na Rua da Paz, vêm do vizinho Mercado Municipal: verduras, carnes, peixes e ervas são comprados diariamente para os quatro cardápios servidos pelo restaurante. A casa, tombada como patrimônio, foi construída na década de 1950 para a residência da família Bettega e atualmente reúne sob o mesmo teto uma livraria especializada em títulos de arquitetura e design, o memorial do arquiteto João Vilanova Artigas, um escritório e a partir desta quinta, o bistrô Virgínia. Para o jantar de logo mais, as reservas estão esgotadas.

O restaurante foi batizado com o nome da esposa do arquiteto, Virginia Camargo Artigas, escultora e desenhista que dominava várias técnicas. A artista e seu marido foram a inspiração da dupla de chefs Rodrigo do Prado e Gabriela Aragão para criar os cardápios. “Nós queríamos trabalhar com equilíbrio, então alguns pratos são mais fortes, geralmente ligados ao masculino, e outros mais suaves, mais femininos”, explica Gabriela.

Este equilíbrio foi bem trabalhado no cardápio à la carte, servido à noite. Dois exemplos são o Artigas Rossini (R$ 75), mignon com foie gras, redução de Chardonnay, framboesa e trufas, acompanhado por creme de cará, e o Salmão Virginia, em que o peixe é marinado no leite de coco e cachaça e servido com shiitake, cebola caramelizada, avocado, limão siciliano, beterraba e cenoura. Para o jantar, os chefs preparam o menu degustação de acordo com o tempo que a pessoa tem e com os insumos encontrados no Mercado Municipal naquele dia.

Bacalhau curado com beterraba e musseline de batata-salsa com baunilha (R$ 60). Fotos: Guilherme Portella/Divulgação

Bacalhau curado com beterraba e musseline de batata-salsa com baunilha (R$ 60). Fotos: Guilherme Portela/Divulgação

Permanência

No bistrô, é possível sentar-se para almoçar e ficar até o jantar. Há três ambientes para as refeições: a livraria, o salão principal ou a mesa do chef, com oito lugares em uma sala reservada, ao lado da cozinha. A decoração tem fotos da família Bettega e detalhes de “casa de família”, como uma fruteira no centro da mesa.

Durante a semana, servem o almoço executivo, com a sequência de entrada, prato principal e sobremesa por R$ 45. Algumas das opções são a Brasiliana (um trocadilho com parmigiana), com mignon, presunto cru, parmesão e pappardelle ao molho Alfredo, a Milanese, com filé de frango em crosta de pistache e muçarela de búfala, servido com azeite trufado, risoto milanês e miniagrião, e a Moquecando, que é pescada em creme de moqueca com banana caramelizada, fitas de coco e arroz. O almoço também pode ser o PF 33: arroz, feijão, medalhão de mignon com ovo pochê e farofa de bacon com banana (R$ 33).

À tarde, bolo e café, além de uma carta de carpaccios para degustar (a partir de R$ 22) com opções como beterraba, pera e entrecôte de Angus. Aos fins de semana, entram em cena as receitas de família dos chefs e o serviço é diferente: paga-se por pessoa (R$ 45), mas a comida é à vontade. Estão no cardápio Pratos com Memória galinhada, carne de panela com pappardelle e maionese, bacalhoada e trio de pasta (lasanha bolonhesa, ravióli de camarão e fettuccine à carbonara); uma receita por fim de semana.

***

Serviço

Virginia Bistrô. Rua da Paz, 479, Centro – (41) 3019-0511. Abre de quinta a sábado, das 12h às 23h e aos domingos das 12h às 18h. É recomendado fazer reserva.

Compartilhe

8 recomendações para você