i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
polêmica

Após processo, Warner abre mão dos direitos da música ‘Parabéns a Você’

    • SÃO PAULO
    • Folhapress
    • 09/02/2016 17:41
     | Fred Kendi/Gazeta do Povo
    | Foto: Fred Kendi/Gazeta do Povo

    A Warner acaba de pagar US$ 14 milhões (R$ 54 milhões) para acabar com um processo judicial nos Estados Unidos a respeito dos direitos de “Happy Birthday” (“Parabéns a Você”).

    A empresa estava sendo processada pela diretora de cinema Jennifer Nelson, por cobrar pelo uso da música “Happy Birthday” em filmes, seriados e outras situações com finalidade comercial, nos Estados Unidos.

    Nelson estava produzindo um documentário sobre a música quando recebeu um pedido da Warner, solicitando o pagamento de uma taxa de US$ 1.500 (R$ 5.836) para o uso da trilha sonora.

    Segundo Nelson e seu advogado, Mark Rifkin, a empresa não tem nenhuma justificativa legal para cobrar pelo uso da música, criada pelas irmãs Patty e Mildred J. Hill, no Estado do Kentucky, no final do século 19.

    O acordo judicial feito pela Warner na segunda-feira (8) evita que a empresa seja punida por cada caso em que cobrou indevidamente pelos direitos de “Parabéns a Você”, como pedia Jennifer Nelson.

    A Warner planejava continuar cobrando pelo uso da música até 2030. Estima-se que, com isso, iria ganhar cerca de U$ 14 milhões.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.