Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Imogen Poots e Owen Wilson em cena de “Um Amor a Cada Esquina”, de Peter Bogdanovich. | Divulgação
Imogen Poots e Owen Wilson em cena de “Um Amor a Cada Esquina”, de Peter Bogdanovich.| Foto: Divulgação

Uma comédia de erros, romântica, leve e divertida nos moldes daquelas que Hollywood fazia e o mundo todo amava entre as décadas de 1940 e 1960, as chamadas “screwball comedies”.

Assim é “Um Amor a Cada Esquina”, novo filme do diretor veterano Peter Bogdanovich, autor de clássicos como “Lua de Papel” (1973) e “A Última Sessão de Cinema” (1971).

Com muitos personagens e histórias de traição e desencontros que se entrelaçam durante os ensaios de uma peça de teatro, o filme também lembra as comédias mais despretensiosas de Woody Allen, como “O Escorpião de Jade”.

Inclusive na escolha do elenco, que inclui Owen Wilson, Jennifer Aniston e Imogen Poots.

Há ainda várias participações especiais como a da ex-esposa do diretor Cybil Sheperd (a gata da série “A Gata e o Rato” e estrela de “Última Sessão de CInema”) e do cineasta Quentin Tarantino (diretor de “Django Livre”), interpretando a si mesmo.

O filme está em cartaz no Espaço Itaú e no Cineplex Batel, em Curitiba.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]