Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Cena de “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro” | Divulgação/
Cena de “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro”| Foto: Divulgação/

A Cinemateca de Curitiba exibe neste sábado (20) e domingo (21) alguns dos principais filmes de Glauber Rocha: “Barravento”, “Terra em Transe”, “Deus e o Diabo na Terra do Sol” e “O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro.” A entrada é gratuita. As sessões acontecem às 18h30 e às 20h (sábado) e às 18h e às 20h10 (domingo). Veja mais informações no Guia.

“Barravento” foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary na Tchecoslováquia em 1964. Um ano depois, “Deus e o Diabo na Terra do Sol” conquistou o Grande Prêmio no Festival de Cinema Livre da Itália e o Prêmio da Crítica no Festival Internacional de Cinema de Acapulco.

Com “Terra em Transe”, Glauber Rocha se tornou reconhecido internacionalmente, conquistando o Prêmio da Crítica do Festival de Cannes, o Prêmio Luis Buñuel na Espanha, o Prêmio de Melhor Filme do Locarno International Film Festival, e o Golfinho de Ouro de melhor filme do ano, no Rio de Janeiro. Outro filme premiado de Glauber foi “O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro”, melhor direção no Festival de Cannes e, outra vez, o Prêmio Luiz Buñuel na Espanha.

Glauber Rocha (1939-1981) foi um cineasta controverso e incompreendido no seu tempo, além de ter sido patrulhado tanto pela direita como pela esquerda. Ele tinha uma visão apocalíptica de um mundo em constante decadência e toda a sua obra denotava esse seu temor. Recentemente, voltou à baila com o filme “A Vida é Estranha”, resgatada com a ajuda da ex-namorada Mossa Bildner.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]