i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Luto

Diretor de cinema Theo Angelopoulos morre atropelado

Angelopoulos caminhava por Drapetsona, nos arredores da capital grega, em busca de locações para sua nova obra, quando foi atingido por uma motocicleta ao atravessar um avenida

  • PorAgência O Globo
  • 25/01/2012 07:13
O diretor recebeu uma Palma de Ouro no Festival de Cannes, pelo filme "A eternidade e um dia" (1998), e um Leão de Ouro do Festival de Veneza, por "Alexandre, o grande" (1980) | AFP PHOTO DDP / VOLKER HARTMANN
O diretor recebeu uma Palma de Ouro no Festival de Cannes, pelo filme "A eternidade e um dia" (1998), e um Leão de Ouro do Festival de Veneza, por "Alexandre, o grande" (1980)| Foto: AFP PHOTO DDP / VOLKER HARTMANN

Diretor de cinema grego mais premiado internacionalmente, Theo Angelopoulos, de 76 anos, morreu atropelado na quarta-feira (25). Angelopoulos caminhava por Drapetsona, nos arredores da capital grega, em busca de locações para sua nova obra, quando foi atingido por uma motocicleta ao atravessar um avenida. Ele chegou a ser internado com graves ferimentos em um hospital, onde morreu pouco antes da meia-noite local (20h de Brasília), vítima de uma hemorragia cerebral.

Com um currículo que inclui uma Palma de Ouro no Festival de Cannes, pelo filme "A eternidade e um dia" (1998), e um Leão de Ouro do Festival de Veneza, por "Alexandre, o grande" (1980), Angelopoulos percorreu um longo caminho antes de se envolver com a sétima arte. Primeiro, ele cursou direito e, em seguida, estudou literatura, na Sorbonne (França). Somente depois de formado é que começou a fazer cinema.

Desde dezembro, Angelopoulos preparava um novo filme, "The other sea", inspirado na crise econômica da Grécia. O tema seria abordado, segundo críticos, de forma poética, metafórica e silenciosa, como era um hábito do cineasta. A história, sobre a relação entre pai e filha, mostraria um político local envolvido no tráfico de pessoas e uma jovem boêmia que deseja adaptar para o teatro uma obra crítica ao capitalismo. Durante as cenas da peça, seria apresentada a situação atual da Grécia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.