Pode ir se desapegando de suas séries favoritas, não adianta chorar ou mandar toneladas de amendoins aos produtores, como foi o caso da já enterrada Jericho. As emissoras americanas anunciaram, nos últimos dias, os programas que serão cancelados. Dentre eles, há veteranos como Without a Trace (em sua sétima temporada) e a ótima My Name Is Earl (na quarta). E outras como Terminator: The Sarah Connor Chronicles e Samantha Who?, que duraram apenas duas. Mas há novatas se despedindo também: Privileged e The Eleventh Hour, remake de série inglesa homônima.

Curioso é notar que há seriados cancelados em seus canais de origem, que ganharão sobrevida em outros. Como foi o caso de Scrubs, que, nos EUA, pulou da NBC para a ABC. Ou, agora, The Unit, que sairá da CBS para a Fox. A insuportável Medium também migrará, da NBC para a CBS. É como se fosse uma dança das cadeiras, mas até aquelas que forem canceladas podem ressurgir em outro canal. É o que esperam os fãs de My Name Is Earl.

Mesmo com os nervos dos fãs à flor da pele, o co-presidente da NBC, Ben Silverman, foi irônico com relação aos cancelamentos de Medium e The Unit em comunicado oficial: "São franquias envelhecidas, sem uma única carta de fã, sem paixão". Assim, não custa perguntar: se são franquias envelhecidas, sem retornos de fãs, por que, afinal, interessam às outras emissoras?

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]