Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Apresentação faz parte da turnê “Holy Land”, que comemora o lançamento do emblemático disco  de mesmo nome. | Henrique Grandi/Divulgação
Apresentação faz parte da turnê “Holy Land”, que comemora o lançamento do emblemático disco de mesmo nome.| Foto: Henrique Grandi/Divulgação

O show que o Angra traz a Curitiba no próximo dia 27 mudou de local: da Ópera de Arame foi para a Pedreira Paulo Leminski. A apresentação faz parte da turnê “Holy Land”, que celebra os 20 anos de lançamento do emblemático disco da banda brasileira.

De acordo com os organizadores, a mudança se deveu à necessidade de ampliar a capacidade do público – e também do palco. O show traz uma formação inédita da banda, incluindo duas baterias simultâneas: a de Ricardo Confessori, que gravou o álbum, e a de Bruno Valverde, atual dono das baquetas do grupo.

Mesmo com a mudança, a setorização de público se mantém igual à do local original: Vip, premium e pista. A troca vai permitir receber um público maior do que o da Ópera de Arame, mas a configuração segue proposta parecida: o show será realizado em área coberta com capacidade para aproximadamente 1.800 pessoas.

“Dentro deste novo projeto, a plateia ficará a poucos metros de distância dos ícones do heavy metal, terá mais liberdade de movimentação e contará com outros benefícios, com amplo estacionamento no local, e estrutura de suporte para conveniência, alimentação e bebidas, como, por exemplo, a operação de uma marca de chopes artesanais”, diz o produtor Patrik Cornelsen em nota divulgada à imprensa.

Serviço

Angra – Holy Land

Data: 27 de agosto

Local: Palco Pedreira Paulo Leminski

Horário: abertura dos portões às 20h, o show começa às 21h30.

Além de Confessori, a banda recebe como convidados o tecladista Junior Carelli, André Reis na percussão e o baixista Luis Mariutti. A formação atual conta com Rafael Bittencourt na guitarra e vocal, Marcelo Barbosa na guitarra, Felipe Andreoli no baixo e violão, Bruno Valverde na bateria e Fabio Lione nos vocais. “Holy Land”, o disco, será tocado na íntegra.

Os ingressos estão à venda no site da Ticket Brasil e custam de R$ 70 (meia-entrada pista) a R$ 320 (inteira pista VIP).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]