Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O prêmio retorna após quatro anos da última edição, quando o Curitiba Zero Grau foi premiado |
O prêmio retorna após quatro anos da última edição, quando o Curitiba Zero Grau foi premiado| Foto:

Estão abertas a partir desta quinta-feira (16) as inscrições para o Prêmio Estadual de Cinema e Vídeo. Ao todo, será distribuído R$ 1,540 milhão para a produção de quatro filmes, sendo um longa-metragem e três telefilmes, com o objetivo é fomentar a indústria audiovisual do Paraná. As inscrições seguem até 5 de outubro. O prêmio retorna após quatro anos da última edição, quando foi premiado, na categoria longa-metragem, o projeto do cineasta Eloi Pires Ferreira, Curitiba Zero Grau, que estreia amanhã e entra em cartaz em várias salas de cinema da capital.

No mesmo ano, os três telefilmes classificados foram Deserto D'Água, documentário de Heloisa Passos, Geada Negra, documentário do editor da Gazeta do Povo, Adriano Justino, e Gol a Gol, ficção de Adriano Esturilho e Fábio Allon. Podem concorrer ao prêmio empresas de produção audiovisual independentes que estejam sediadas no Paraná há no mínimo dois anos e possuam registro na Agência Nacional de Cinema (Ancine). O diretor da obra e pelo menos três componentes da equipe básica devem morar no Paraná, bem como, no mínimo, 70% do elenco do filme. Os projetos inscritos podem contemplar as modalidades de ficção, documentário ou animação, de temática livre, e devem ser inéditos. A inscrição será feita mediante envio do projeto técnico e da documentação para habilitação da empresa proponente. Isso inclui roteiro com divisão de cenas e diálogos, argumento ou storyboard. O plano de produção também deve ser detalhado, com orçamento e cronograma de realização, obedecendo ao prazo máximo de 18 meses para a finalização da obra. O prêmio

Instituído pela Lei n.º 14.279, o prêmio teve três edições. Na primeira, em 2004, foram selecionados Corpos Celestes, longa-metragem de Fernando Severo e Marcos Jorge, e os curtas Caminho da Escola, de Heloisa Passos, Made in Ucrânia – Os Ucranianos no Paran", de Guto Pasko, e O Coro, de Werner Schumann. Na segunda edição, os escolhidos Mistéryos, longa dirigido por Beto Carminatti e Pedro Merege Filho, e os telefilmes Belarmino e Gabriela, de Geraldo Pioli, Guerra Dentro da Gente, de Paulo Munhoz, e Amadores do Futebol, de Eduardo Baggio. Todos os detalhes estão no edital publicado no site da SEEC www.cultura.pr.gov.br. Informações também podem ser obtidas pelo telefone (41) 3321-4783 e no email cac@seec.pr.gov.br.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]