i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
São Paulo

Semana de Cinema Italiano traz Tornatore a SP

  • PorAgência Estado
  • 27/11/2009 13:06

O diretor italiano Giuseppe Tornatore veio ao Brasil para prestigiar a mostra em sua homenagem que integra 5ª Semana de Cinema Italiano, realização da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, com patrocínio da Pirelli, em São Paulo. Seu novo filme "Baaria", que abriu o recente Festival de Veneza, está na programação

"Baaria" passa hoje na abertura da retrospectiva dedicada a Tornatore. O filme será distribuído no Brasil pela Paris Filmes, que promete a estreia para fevereiro. Os mais afoitos poderão vê-lo nesta sexta, às 21h30, logo após "Cinema Paradiso", também de Tornatore, exibido às 19h, no HSBC Belas Artes.

O que os dois filmes têm em comum para o diretor? "A história de Cinema Paradiso poderia ser um fragmento da de Baaria", explica. Há anos que ele perseguia esse projeto - o mais caro de sua carreira e seu maior sucesso de público na Itália, ultrapassando "Cinema Paradiso", que recebeu o Oscar da Academia de Hollywood para o melhor filme estrangeiro (em 1988).

O filme acompanha várias décadas da história italiana, do ponto de vista de um pastor siciliano que se inscreve ainda jovem no Partido Comunista e acompanha todas as mudanças ocorridas no país até os anos 1980. Lá pelas tantas, uma esquerda mais radical o define como reformista. Seu filho lhe pergunta o que isso significa. Ele diz: "Reformista é aquele que sabe que ao bater com a cabeça no muro você quebra a cabeça, não o muro". O título do longa refere-se à região em que Tornatore nasceu, à cidade de Bagheria, que ele reconstituiu na Tunísia.

Baaria lança uma nova atriz, Margareth Madè, parecida com Sophia Loren. O ator é Francesco Scianna, vindo do teatro. O fato de ter uma dupla de desconhecidos como protagonistas de um filme tão caro não deixa de envolver risco. Ao bater com a cabeça no muro, Tornatore poderia ter rompido a cabeça, não o muro. "Eles foram perfeitos para o que eu queria e isso é o mais importante."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.