Espetáculo prioriza composição visual e musical. | Magali  Moraes/Divulgação
Espetáculo prioriza composição visual e musical.| Foto: Magali  Moraes/Divulgação

Depois de passar por Curitiba durante o Festival de Teatro de 2013, o musical “Gonzagão – A Lenda” ganha uma apresentação gratuita ao ar livre neste sábado (16), na Praça Nossa Senhora de Salete. O show acontece às 19 horas. A partir das 17h, uma abertura musical será feita com o músico pernambucano Cacai Nunes.

Divulgação

Com direção de João Falcão (que atualmente está criando o musical “Gabriela”, sem previsão de estreia), o espetáculo coloca em cena oito atores e apenas uma atriz, por quem todos os personagens ficam apaixonados.

A trajetória do Rei do Baião, Luiz Gonzaga (1912-1989) é abordada sem a pretensão de constituir uma biografia, dando destaque ao mito em torno do músico mais do que à vida que ele levou.

“É a história de Luiz Gonzaga, mas não é Wikipédia”, brinca Falcão, que escreveu o texto encenado e também assina a direção musical.

Entre as cerca de 40 canções que estão no espetáculo há sucessos como “Cintura fina”, “O xote das meninas”, “Qui nem jiló”, “Baião”, “Pau-de-arara” e sua mais célebre criação, “Asa branca”.

Gonzagão – A Lenda

Praça Nossa Senhora de Salete – Centro Cívico. Dia 16 às 19h. Entrada franca. Classificação indicativa: 12 anos. Duração: 90 minutos.

Quem narra a maior parte da história e canta a maioria das canções é um taxista sanfoneiro descoberto num bar carioca por Falcão, Marcelo Mimoso – que nunca tinha assistido a uma peça de teatro antes de estrelar o musical.

Entre os prêmios na carreira do espetáculo estão o Shell 2012 de Melhor Música e o 7º APTR de Melhor Produção.

Legado

O músico que teve seu centenário comemorado em 2012 foi o responsável pela difusão para o restante do país de estilos e temáticas musicais típicos do Nordeste, como o xote e o baião e as agruras da aridez do sertão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]