Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Caderno G
  3. Xetás inspiram telas de Silvio Rocha

Visuais

Xetás inspiram telas de Silvio Rocha

Crianças simbolizam a esperança em obras sobre os xetás |
Crianças simbolizam a esperança em obras sobre os xetás
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A memória e a cultura do povo Xetá, etnia já considerada extinta no Brasil, inspirou 20 telas pintadas a óleo pelo artista Silvio Rocha, que podem ser vistas a partir de hoje no Palacete dos Leões, espaço cultural do BRDE.

Durante dois anos de pesquisa, o pintor ouviu histórias sobre os Xetá – que eram 2 mil índios nas décadas de 50 e 60, no noroeste do Paraná, e hoje se resumem a seis pessoas – que o motivaram a produzir telas que refletem sentimentos relacionados ao massacre desse povo e ao desmatamento das florestas onde viviam. O vermelho, então, é a cor predominante.

Mas também há esperança na figura de crianças, arrancadas de suas família e que se salvaram de serem dizimadas, perpetuando, assim, a história deste povo.

A exposição já passou por diversos municípios do interior do Paraná como Cianorte, Douradina, Guaíra, Iporã, Nova Olímpia, Tapejara, Umuarama e Campo Mourão.

Serviço

Fragmentos Xetá. Espaço Cultural BRDE - Palacete dos Leões (Av. João Gualberto, 530/570 – Alto da Glória), (41) 3219-8056. Abertura dia 4 às 19 horas. Visitação de segunda-feira a sexta-feira, das 12h30 às 18h30. Até 11 de março.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE