Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
A dieta dos sonhos que traz uma variedade de opções e equilíbrio nutricional.
A dieta dos sonhos que traz uma variedade de opções e equilíbrio nutricional.| Foto: Shutterstock
  • Por Aipo Super Foods
  • 24/11/2021 17:19

A dieta mediterrânea tem como base o consumo de alimentos naturais e orgânicos, que não passam pelo processo de industrialização de alimentos, como salsicha, molhos prontos, comida enlatada e assim por diante. Por meio dela, é possível ter um estilo de vida saudável, visto que melhora o metabolismo e auxilia no controle do peso.

Ela é uma dieta muito recomendada por nutricionistas, pois o risco de desenvolver doenças cardiovasculares, diabetes, aterosclerose, trombose, doenças degenerativas e câncer, além de ser rica em nutrientes.

Origem da dieta mediterrânea

A dieta ganhou reconhecimento nos anos 50, em um estudo do cientista Ancel Keys. Nele, Keys comparou o estilo de vida de populações pobres de vilarejos no sul da Itália com o de ricos de Nova Iorque. O autor não entendia como esses povos pobres poderiam ter uma vida mais saudável que os povos mais abastados de uma grande metrópole.

Diante disso, Keys observou os hábitos alimentares dessas pessoas, o que o levou a iniciar um estudo em sete países diferentes (Finlândia, Holanda, Itália, Estados Unidos, Grécia, Japão e Iugoslávia) a fim de documentar a relação entre estilo de vida, alimentação e doenças cardiovasculares.

Assim, ele provou cientificamente que a dieta mediterrânea tem diversos benefícios nutricionais e contribui para a saúde das pessoas que a adotam.

Mitos sobre dieta mediterrânea

Mito 1: todos os povos mediterrâneos são saudáveis

Apesar dessa dieta ter surgido por conta da alimentação de povos da costa mediterrânea na Europa, África e Ásia, isso não significa que todos seguem os mesmo hábitos alimentares, ainda mais que cada local tem sua própria cultura e alimentos industrializados estão cada vez mais comuns em todas as regiões do mundo.

Mito 2: a dieta mediterrânea tem muita gordura

Mesmo que a dieta tenha bastante alimentos gordurosos, suas gorduras são do tipo que não afeta o coração e que não estão associadas a ganho de peso. Na realidade, o óleo de oliva, os peixes e as frutas oleaginosas são muito benéficos e melhoram a saúde daqueles que os acrescentam em suas dietas.

Segundo especialistas, não é a quantidade de gordura, mas sim o tipo que afeta negativamente a saúde das pessoas. A gordura saturada (o tipo menos saudável) não está muito presente em dietas mediterrâneas e normalmente está presente em quantidades moderadas em queijos e iogurtes, os quais têm o benefício de serem comidas fermentadas.

Mito 3: a dieta mediterrânea é difícil de seguir

Qualquer dieta pode ser um desafio para quem está acostumado a consumir alimentos que não são bons para a saúde. Por isso, é importante buscar um nutricionista e começar aos poucos a mudança. A vantagem da dieta mediterrânea é que ela oferece uma variedade de alimentos saborosos, como frutos do mar, cereais, frutas, vegetais, legumes, ervas, sementes, nozes, laticínios de qualidade.

Mito 4: não pode cozinhar com óleo de oliva extra virgem

O óleo de oliva extra virgem perde alguns de seus nutrientes durante o cozimento, porém, isso não o torna ruim para a saúde. Mesmo que o óleo realmente tenha um baixo ponto de fumaça (ponto em que o óleo começa a expelir fumaça e a quebrar) comparado a outros óleos refinados, é alto o suficiente para ser usado como uma opção saudável no preparo de refeições cotidianas.

Contudo, o ponto de fumaça depende da qualidade, da idade e da condição do óleo. Óleos de oliva de boa qualidade podem ser cozinhados entre 176º a 210ºC, já que são ricos em antioxidantes — são eles que evitam que sejam danificados quando esquentados.

Para você identificar se o óleo é de boa ou baixa qualidade, engula uma colher cheia, se você sentir queimar a sua garganta quer dizer que o óleo é rico em polyphonels (antioxidantes).

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a dieta mediterrânea, que tal começar a implementá-la em sua vida?

O Aipo Superfoods te ajuda a saborear as delícias mediterrâneas com ingredientes de qualidade, feitos com muito carinho e temperos únicos.

O grande objetivo com o cardápio da AIPO era mostrar que a alimentação saudável pode ser acessível e inclusiva, democratizando uma alimentação saborosa e equilibrada.

A AIPO Superfoods fica localizada na Alameda Presidente Taunay, 434, no bairro Batel, em Curitiba.

Clique para acessar o Instagram e conheça mais o restaurante.