Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Por Postos Pelanda
  • 23/10/2019 12:30

Nas finanças de uma transportadora, existem diversos gastos recorrentes que devem ser observados, dentre eles a manutenção dos veículos e o abastecimento.

Com o preço dos combustíveis cada vez mais alto, a logística fica cada vez mais cara.

O ideal, nesse cenário, é efetuar um controle de combustível de forma ativa e mesclar as rotinas para administrar esse recurso com sabedoria: Economizar o máximo possível, sem perder de vista a qualidade e a segurança.

Ao longo desse artigo, veremos 6 ótimas dicas para o controle de combustível da sua frota. Confira o que separamos.

Por que fazer o controle de combustível?

Administrar o combustível de forma detalhada pode parecer um trabalho cansativo, já que requer métricas e organização detalhada.

No entanto, ele é essencial para o controle e diminuição dos gastos de uma transportadora.

Isso porque elas sabem exatamente os gastos da frota e podem definir táticas para economizar o gasto de combustível. Além disso, é possível determinar quais os veículos que mais consomem e quais os motoristas que mais gastam.

Outro ponto positivo desse tipo de controle é a redução dos custos. Isso porque, ao realizar o detalhamento, a empresa consegue analisar qual combustível tem o melhor custo-benefício.

Possibilitando, ao administrador, optar por aquele que tem um rendimento melhor, sem abrir mão da qualidade.

Também é possível realizar a prevenção dos gastos, além de melhorar a produtividade da equipe toda.

Através das nossas dicas, você poderá começar as mudanças dentro da sua empresa para otimizar ainda mais sua frota. Confira!

Faça parcerias com postos de gasolina

Realizar parceria com postos de gasolinas é essencial para uma transportadora, isso porque elas oferecem condições comerciais especiais para suas necessidades.

Converse com redes de postos e procure negociar as condições de um acordo.

Atente-se também aos benefícios que essas redes irão proporcionar aos motoristas, isso porque, funcionários descansados e atentos ao trânsito também representam uma economia com gastos de multas ou acidentes.

A redes de postos Pelanda inovou nesse setor e ofereceu condições extremamente especiais aos frotistas parceiros. Além do abastecimento em qualquer um dos 12 postos da rede, eles também disponibilizam uma estrutura pensada nas necessidades dos motoristas.

Banheiros suítes, lava truck 24 horas e monitoramento de câmeras em todo pátio trazem maior comodidade, segurança e conforto aos caminhoneiros. Onde os motoristas podem relaxar, descansar e, é claro, provar a melhor coxinha de Curitiba, nomeada bicampeã!

Tem interesse em realizar seu cadastro? Então, basta acessar o formulário aqui.

Não esqueça da manutenção da sua frota

Após uma parceria realizada, é necessário ter atenção na manutenção dos veículos. Isso porque, a calibragem dos pneus, por exemplo, já tem impacto direto no consumo.

Mas não é só isso: qualquer veículo sem manutenção consome mais combustível. Isso sem citar os riscos de acidente e os gastos gigantescos ao quebrarem de vez. Portanto, tenha atenção nesse quesito.

Identifique seus veículos e motoristas

Controlar os veículos e os motoristas permite ter uma dimensão maior da atuação dos seus funcionários: Como eles dirigem? Quais são seus hábitos?

Entender esses aspectos é fundamental para economizar. Seja através da troca de um veículo, ou de uma orientação ao motorista.

Procure manter uma planilha com os gastos indicados em cada viagem, o motorista, a rota e o veículo.

Faça trocas entre eles e perceba se o consumo sofre alguma alteração. Assim, você conseguirá encontrar a “fórmula” perfeita para sua equipe funcionar sem gastos gigantescos com combustíveis.  Gostou das nossas dicas? Então, não se esqueça de comentar o que achou na nossa página do facebook!