Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Cultura
  3. Com demência, morre guitarrista fundador da banda AC/DC

Luto na música

Com demência, morre guitarrista fundador da banda AC/DC

Malcolm Young estava afastado do grupo desde 2014; ele é irmão de Angus e de George, que faleceu recentemente

  • Da Redação
A morte de Malcolm Young foi confirmada neste sábado. | Divulgação
A morte de Malcolm Young foi confirmada neste sábado. Divulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A banda AC/DC confirmou neste sábado (18) a morte do guitarrista Malcolm Young, aos 64 anos. Um dos fundadores do grupo, junto com os irmãos Angus e George, ele estava afastado desde 2014 do AC/DC para tratar problemas de saúde. Ele teve trombose e foi diagnosticado com demência. Segundo o comunicado oficial, ele morreu em casa, cercado pelos familiares. A família Young já havia sofrido outra perda recentemente: em outubro, George faleceu. O AC/DC segue com Angus, que é conhecido mundialmente pelos solos de guitarra. Malcolm, aliás, preferia fazer a base da guitarra e deixar o irmão brilhar como solista.

“Com enorme dedicação e compromisso, ele foi a força motriz por trás da banda. Como guitarrista, compositor e visionário, ele era um homem perfeccionista e único. Ele sempre pegou suas armas e fez e disse exatamente o que queria. Ele ficou orgulhoso de tudo o que tentou. Sua lealdade aos fãs foi insuperável”, diz a nota. A família pediu que não fossem enviadas flores, mas doações para o Exército da Salvação.

Em Curitiba

No dia 11 de outubro de 1996, 30 mil pessoas lotaram a Pedreira Paulo Leminski para ver o AC/DC, durante a turnê do disco “Ballbreaker”. Para delírio dos fãs, um guindaste imenso arremessava uma bola de demolição, destruindo o cenário montado. Os vocais de Brian Johnson não decepcionaram. De “Back in Black” a “Whole Lotta Rosie”, o grupo desfilou hits e marcou a história de shows internacionais em Curitiba.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE