i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Conselho de Ética

Beto Moraes será investigado por compra de votos e distribuição de muletas

  • 10/09/2020 10:04
Beto Moraes (PSD)
O vereador de Curitiba Beto Moraes (PSD)| Foto: DIvulgação/CMC

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Curitiba vai abrir um procedimento interno para investigar a conduta do vereador Beto Moraes (PSD), alvo de denúncia por suposta compra de voto, quebra de decoro e improbidade administrativa. Após um parecer favorável à apuração pela Corregedoria da Casa, a Mesa Diretora decidiu encaminhar o caso ao conselho nesta quarta-feira (9).

As notícias mais importantes do Paraná no seu WhatsApp

As denúncias foram protocoladas no último dia 3 pelo Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) e pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc). Segundo as entidades, haveria provas de mais de 40 situações em que o vereador teria usado assessores e a estrutura disponível para o cargo para fins eleitorais e de interesse privado.

Os sindicatos ainda acusam Moraes de ter distribuído cestas básicas, muletas, cadeiras de rodas, bicicletas e outros produtos identificados com seu nome, foto e logo, o que caracterizaria compra de votos e crime eleitoral. Outra irregularidade cometida seria a entrega de um prêmio realizada no fim de agosto, contrariando o regimento interno da Câmara Municipal, que proíbe o ato a partir de 90 dias antes das eleições.

Entrega de brindes com nome e foto caracterizaria compra de votos, segundo a denúncia feita pelos sindicatos
Entrega de brindes com nome e foto caracterizaria compra de votos, segundo a denúncia feita pelos sindicatos| Sismuc e Sismmac

Procurado pela reportagem, o vereador disse estar tranquilo com a abertura do procedimento interno. “Vou apresentar minha defesa, não tenho problema nenhum”, afirmou. “Há uma reclamação de uma entrega de certificado que a gente fez”, diz. “Mas a entrega foi bem antes do prazo; eu só postei depois.”

Sobre a utilização da estrutura do gabinete para fins particulares, Moraes disse que “nunca usou e nunca vai usar”. “O sindicato é brigado conosco por causa de votações passadas. Outros vereadores também estão sofrendo denúncias incabíveis devido a posições que a gente tomou e que eles foram contrários.”

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal é composto de nove membros e presidido atualmente pelo vereador Bruno Pessuti (Podemos) – a presidente titular, Fabiane Rosa (PSD) está afastada da função, em razão de também ser alvo de investigação pela comissão por suposta prática de “rachadinha”. Integram o grupo ainda Dona Lourdes (PSB), Geovane Fernandes (Patriota), Marcos Vieira (PDT), Maria Letícia (PV), Paulo Rink (PL), Professora Josete (PT), Rogério Campos (PSD) e Toninho da Farmácia.

Conforme o regimento interno da Câmara, o parlamentar que infringir o Código de Ética e Decoro Parlamentar pode ser punido com censura pública, suspensão das prerrogativas regimentais, suspensão temporária do mandato e até com a perda do cargo.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    Marcos Ctba

    ± 0 minutos

    velha tática secular de dar para o coitado em troca de um voto. E esse e muitos fazem só isso e o carentes fragilizados são levados na conversa mole dessa gente. Que a Prefeitura faça parceria com a industria(patrocinios, incentivos ...) e doem de graça para acabar com essa modalidade de ajuda forjada de vereadores sacanas

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Afonso Celso Frega Beraldi

      ± 2 horas

      Câmara de vereadores = jardim de infância da corrupção. Tudo comeca ai, como rachadinha, compra de votos, etc. Vereador nao deveria ser remunerado, e nem ter a renca de assessores que não servem pra nada. Trabalho voluntario, com no máximo vale transporte e alimentação.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • O

        Oliveira

        ± 6 horas

        Meu deus, 2020 e ainda tem político dando muleta pra conseguir voto.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.