Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

“Aqui temos uma entrada grande e alta, em formato de arco, ela é roxa. No topo temos um mural em que Jesus Cristo está representado de braços abertos. Nos murais ao lado temos a representação de dois anjos do Apocalipse tocando grandes trombetas. Há também nos murais laterais imagens de idosos e famílias, representando as almas que são recebidas no céu”. Essa foi a primeira das inúmeras descrições do Cemitério São Francisco de Paula, o Cemitério Municipal de Curitiba, feitas pela historiadora e pesquisadora Clarissa Grassi na manhã do último sábado (17). O motivo da fala detalhada era dos mais nobres: sete alunos do Instituto Paranaense de Cegos (IPC) e do Projeto Ver com as Mãos faziam parte do grupo de 47 pessoas que participaram da já tradicional visita guiada ao cemitério.

A visita começou com uma introdução, ainda na entrada do local, ao lado do portal descrito por Clarissa. A proposta da fala antes mesmo de chegar mais perto “da cidade dos mortos” era acabar com a ideia de que cemitério é apenas o lugar onde as pessoas estão enterradas. Ouvidos atentos ao que Clarissa explicava e descrevia. Foram pouco mais de 30 minutos contando sobre como os sepultamentos deixaram de ser feitos dentro das igrejas e migraram para o cemitério. Entre risadas pelos episódios engraçados da história e expressões de surpresa pelas curiosidades, os alunos entraram no São Francisco de Paula e foram surpreendidos ainda mais pelo que encontraram.

A cada viela do cemitério a atenção era prendida principalmente pela história dos túmulos. Materiais de fabricação, simbolismos e pequenos detalhes em cada parada fizeram com que o espaço fosse ressignificado pelos 47 integrantes do grupo. “Geralmente as pessoas entendem o cemitério como um lugar ruim. A história que a Clarissa conta em cada parada faz com que todo mundo mude o conceito que tinha quando entrou”, destaca Laura Kaiser, aluna do Projeto Ver com as Mãos.

Além de todo conhecimento histórico que os sete alunos puderam absorver com as explicações da guia, eles tiveram também o contato direto com os túmulos. Pelo tato os alunos conseguiram diferenciar os materiais usados na construção de cada parte do cemitério – como explicou Clarissa, o tipo de material é um dos indicadores da época de cada construção. As esculturas e placas também foram sentidas na ponta dos dedos dos alunos. Nenhum detalhe passou despercebido. Aquilo que não podia ser alcançado pelas mãos dos alunos foi compreendido a partir da fala de Clarissa, sempre atenta aos detalhes.

“O bacana da inclusão foi ver que muitas pessoas que enxergam também passaram a tocar os túmulos e esculturas. Eles também queriam sentir o que os alunos estavam sentindo”, conta Diele Pedroso, coordenadora do Ver com as Mãos. “As descrições nesse caso ficam boas para todo mundo, as pessoas repararam em coisas que nem saberiam que estavam lá se ninguém falassem”, completa.

Para o aluno do IPC Luiz Gustavo Moreira, a inclusão também foi uma das partes mais interessantes do roteiro. “A interação que houve entre os cegos e as pessoas que enxergam foi o mais importante dessa visita. Foi a prova de que a inclusão serve para todo mundo, pois todos aproveitaram aquilo que foi passado pela Clarissa”, destaca.

Para que a inclusão de pessoas com deficiência visual ocorra de maneira ainda mais eficaz, Diele e Laura são categóricas: é necessário uma mudança de atitude das pessoas. “As pessoas têm que entender que a gente não precisa de grandes mudanças para poder participar, basta que elas estejam dispostas a incluir um pouco mais de descrição e informação”, conta Laura.

Para Bruno, aluno do Projeto Ver com as Mãos, a visita já representa um grande avanço na inclusão pessoas com deficiência. “Poder sair com as outras pessoas e participar das mesmas atividades já é ótimo. Para ter ainda mais inclusão esse tipo de evento tem que ocorrer ainda com mais frequência”, avalia.

A interação, mesmo depois de finalizado o encontro, continuou nas redes sociais. Por meio da #PraCegoVer , as fotos da visita tiradas pela equipe da Clarissa foram descritas com detalhes e podem ser vistas por quem utiliza a ferramenta de audiodescrição, ampliando ainda mais a experiência da visita guiada.

Colaborou: Getúlio Xavier.

Adão Adriano Barbosa, 27 anos. Profissão: pintor(a). Filiação: José Francisco Barbosa e Maria de Lourdes da Motta Barbosa. Sepultamento ontem.

Aldona Ulbrich Abrahão, 83 anos. Profissão: do lar. Filiação: Romão Ulbrich e Joana Ulbrich. Sepultamento ontem.

Aline Cristina Honório, 29 anos. Profissão: balconista. Filiação: João Marcos Honório e Tereza da Silva Honório. Sepultamento ontem.

Aloir Mauro de Morais, 63 anos. Profissão: vendedor(a). Filiação: Constantino Pedroso de Morais e Joana Cruz de Morais. Sepultamento ontem.

Anna Moreira, 74 anos. Profissão: do lar. Filiação: Antônio Pietroski e Vitória Pietroski. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque das Araucárias (Colombo), saindo da Capela Adriana - Alto Maracanã - Colombo -PR.

Antônio Aramis Muler, 65 anos. Profissão: servente. Filiação: Antônio Muler da Silva e Olga Elisia dos Santos. Sepultamento hoje, Tranqueira, saindo da Capela São Francisco em ColomboPR.

Antônio dos Santos, 75 anos. Profissão: motorista. Filiação: Sebastião Lúcio dos Santos e Sebastiana Soares dos Santos. Sepultamento ontem.

Belmira da Silva, 85 anos. Filiação: Salviano Pinto da Silva e Maria dos Santos. Sepultamento ontem.

Benedita Aparecida Henrique Rodrigues, 55 anos. Profissão: zelador(a). Filiação: Silvestre Henrique e Maria Aparecida Henrique. Sepultamento hoje, Universal Necrópole Ecumênica Vertical, saindo da Capela Santa Mônica - Quatro Barras/PR.

Bernardo Augusto Alberto Blum, 86 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Alberto Blum e Emília Blum. Sepultamento ontem.

Bronislau Dobrzanski, 77 anos. Filiação: Mariano Dobrzanski e Maria Dobrzanski. Sepultamento ontem.

Carlos Alberto Bernardelli, 60 anos. Profissão: professor(a). Filiação: Audo Aparecido Bernardelli e Joana Pereira Bernardelli. Sepultamento ontem.

Carlos Alberto Costa, 71 anos. Profissão: retificador(a). Filiação: Domingos Costa e Castorina Barbosa Costa. Sepultamento ontem.

Carlos Roberto Sprada, 52 anos. Profissão: vendedor(a). Filiação: Vilson Dionísio Srada e Geni Ana Sprada. Sepultamento hoje, no Cemitério Paroquial Santa Cândida, saindo da Capela Municipal Santa Cândida - Cap. 02 Santa Cândida.

Catarina Ribeiro da Silva, 87 anos. Profissão: lavrador. Filiação: João Ribeiro e Sofhia de Siqueira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão, saindo da Capela Municipal do Boqueirão - Capela 01 Municipal do Boqueirão.

Catharina Kovalski, 87 anos. Profissão: do lar. Filiação: Pedro Czayka e Balbina Czayka. Sepultamento hoje, Cemitério Central de Araucária, saindo de residência.

Deolindo Esturilio, 77 anos. Profissão: advogado(a). Filiação: Christovam Esturilio e Conceição Gonçalves. Sepultamento hoje, Crematório Vaticano, saindo da Capela Vaticano- A Partir das 09:00H.

Eloisy Vitória dos Santos da Silva, 4 mes(es). Filiação: Edson Daleski da Silva e Diessica Avelar dos Santos. Sepultamento ontem.

Emerson Leal Evangelista, 16 anos. Profissão: estudante. Filiação: Everaldo José Evangelista e Luzini Aparecida do Nascimento. Sepultamento ontem.

Faustino Ferreira de Brito Neto, 33 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Ivanir Ferreira de Brito e Edi Ferreira de Brito. Sepultamento ontem.

Flora Valois Prestes Weber, 95 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Prestes de Souza e Florinda Alves Pereira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo da Capela Vaticano - Esmeralda.

Francisca Alice Anginski, 85 anos. Profissão: doméstica. Filiação: Honorata Silva. Sepultamento ontem.

Germano de Moura Brandão, 63 anos. Profissão: representante comercial. Filiação: Germano Moura Brandão e Otacília Gonçalves de Melo. Sepultamento ontem.

Giovanna Leocádio Lima Raposo, 2 anos. Filiação: Rafael Lima dos Santos e Nubia Leila Leocádio. Sepultamento domingo, 25 de outubro de 2015, em local a definir, saindo de Nossa Senhora do Testerro - Rio de Janeiro -Rj.

Isabelle Antunes de Franca, 1 mes(es). Filiação: Ivanderson Antunes de Franca e Edelaine Aparecida da Silva Alves. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal da Cidade de Origem, saindo de residência.

Isaque Ferreira de Macedo, 67 anos. Filiação: Jonas Augusto de Macedo e Emília Ferreira de Macedo. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão.

Jeferson dos Santos Fiori, 19 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Gerson Fiori e Sandra Silva dos Santos. Sepultamento hoje, Cemitério Contenda, saindo da Capela Mortuária do Cemitério de ContendaPR.

Jhonny Bartolomeu Kraft, 32 anos. Profissão: soldador. Filiação: Bartolomeu Kraft e Lucinda Lima Lopes. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Santa Cândida, saindo da Capela Municipal Santa Cândida - Capela 01- Cemitério Santa Cândida.

João Correa Ilha, 56 anos. Filiação: João Batista Ilha e Julieta Correa Ilha. Sepultamento hoje, Cemitério Pedro Fuss (São José dos Pinhais), saindo da Capela Mortuária Jardim Paranaense.

João Gomes de Freitas, 90 anos. Profissão: lavrador. Filiação: João Gomes de Freitas e Agostinha Ângelo de Freitas. Sepultamento ontem.

Juan Vidal Delgadillo Menacho, 75 anos. Profissão: médico(a). Filiação: Juan Delgadillo Valda e Elena Menacho. Sepultamento ontem.

Juventina Margarida Barreto, 89 anos. Profissão: funcionário público municipal. Filiação: Pedro Boaventura Ferreira e Ângela Margarida Ferreira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo da Capela Municipal do Água Verde - Capela 03 Água Verde.

Livina Adão Rodrigues, 81 anos. Profissão: servente. Filiação: Benedito Adão da Silva e Maria Felicidade da Conceição. Sepultamento hoje, Cemitério Pedro Fuss (São José dos Pinhais), saindo de Casa da Comunidade Vila Torres- Curitiba (PR).

Luciano Moreira Vieira, 23 anos. Profissão: caldeireiro(a). Filiação: Esmail Pedro Pereira Vieira e Benedita Aparecida Moreira. Sepultamento hoje, Cemitério Jardim Independência (Araucária), saindo da Capela do CemitérioJardim Independência (Araucária)PR.

Luiz Fernando de Souza Carvalho Soares, 32 anos. Profissão: açougueiro. Filiação: Josimar Carvalho Soares e Rita de Souza Carvalho Soares. Sepultamento hoje, Cemitério Pedro Fuss (São José dos Pinhais), saindo de residência.

Mauro Scaramuzza, 85 anos. Profissão: médico(a) pediatra. Filiação: Mário João Scaramuzza e Maria Carmelina Scaramuzza. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo da Capela Municipal do Água Verde - Capela 04 Água Verde.

Mercedes Dias Kosny, 89 anos. Profissão: do lar. Filiação: Maria Joaquina Dias. Sepultamento ontem.

Milvana Dilamar Godoy, 55 anos. Profissão: do lar. Filiação: Rozaria Dakkan Godoy e Rozaria Dakkan Godoy. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São João Batista (São José dos Pinhais), saindo da Capela Mortuária Paroquial do Orleans.

Nair Correia dos Santos, 85 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Correia dos Santos e Maria do Belém. Sepultamento ontem.

Orcidia de Gouveia da Luz, 70 anos. Profissão: do lar. Filiação: Jorge Bernardo de Gouveia e Maria Aparecida de Gouveia. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim (São José dos Pinhais), saindo de Igreja Católica São José Operario - B. Novo A. - Sítio Cercado.

Rosa Alcântara, 66 anos. Profissão: cabeleireiro(a). Filiação: Alfredo Alcântara e Lídia Alcântara. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela do Cemitério do Umbará - Curitiba -PR.

Silvanei Luiz da Silva, 38 anos. Profissão: zelador(a). Filiação: Flávio Ferreira da Silva e Gessi Lúcia Araújo da Silva. Sepultamento hoje, Cemitério Vaticano, saindo da Capela Vaticano - Jade.

Teresinha Rechetelo da Matta, 73 anos. Profissão: funcionário público estadual. Filiação: Pedro Rechetelo e Rosaria Rechetelo. Sepultamento ontem.

Tereza Ceccon, 75 anos. Profissão: governanta. Filiação: Antônio Ceccon e Helena Colera Ceccon. Sepultamento hoje, Cemitério Pedro Fuss (São José dos Pinhais), saindo da Capela Municipal São Francisco de Paula - Capela 01 Municipal São Francisco de Paula.

Thais Elayne Ferreira Dias, 28 anos. Profissão: do lar. Filiação: Alcides Dias e Valdelice Ferreira Dias. Sepultamento ontem.

Valdecy Antônio Fioravante da Costa, 60 anos. Profissão: soldador. Filiação: Antônio Vieira da Costa e Maria Fioravante da Costa. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão, saindo de Evangelho Quadrangular - Cajuru - Ctb -PR.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]