| Arquivo Pessoal
| Foto: Arquivo Pessoal

Eneida de Mello optou por ficar solteira e não ter filhos. Seria, então, uma pessoa solitária? Não. Ela passou a vida cuidando de muita gente, tanto que era chamada de "madrinha", mesmo que oficialmente não tivesse tantos afilhados. Amigos, familiares e quem estava por perto adotava a alcunha para se referir à senhora. Ela fazia questão de cuidar e agradar quem estava por perto – fosse com um presente de Natal, ajuda em dinheiro para quem precisasse ou com um gesto de carinho.

Fazia tanta caridade que, nos últimos anos, uma das afilhadas tentou intervir. "Eu pedi que ela parasse de contribuir, porque já era uma senhora de 90 anos e quase não sobrava dinheiro para ela", lembra Sumaya Buffard, filha da melhor amiga de Eneida. Mas, determinada, ela dizia que não importava o que acontecesse, continuaria a fazer as doações.

Os familiares da melhor amiga, aliás, foram os parentes que Eneida adotou como seus. Desde que o pai de Sumaya faleceu, Eneida ia todos os dias à casa da família e se tornou uma segunda mãe para os seis irmãos. "Um dia minha mãe chegou em casa contando que quase havia sido roubada. A madrinha entendeu que o crime tinha acontecido mesmo e já estava entregando todo o dinheiro que tinha para ajudar", comenta a afilhada.

Além da filantropia, a madrinha Eneida esbanjava vitalidade. Dirigiu até os 97 anos, pagava as próprias contas e se virava bem morando sozinha, no Centro de Curitiba. Gostava de passear na Rua XV de Novembro e nas proximidades do Passeio Público. Bibliotecária, Eneida trabalhou na Biblioteca Pública do Paraná. O trabalho, na época, exigia que ela viajasse por todo o país. Fez sem nenhum receio.

Se na vida profissional lidava com os livros, depois que se aposentou continuou próxima das letras. Presenteava os mais próximos com assinaturas de jornal, fazia questão de ler as edições diárias e completava as palavras cruzadas todos os dias. Ela dizia que isso ajudava a deixar a mente em ordem. Se não conseguia terminar a leitura em um dia, guardava o exemplar para concluir no dia seguinte, sem pressa ou sentimento de obrigação. Quando era questionada sobre o segredo para longevidade, respondia sem titubear: "tem que viver moderadamente".

Completou 99 anos em 4 de novembro. Eneida tinha acabado de sair de uma internação hospitalar – que havia durado dez dias – e, a princípio, não quis comemorar. Mas, quando chegou à festa e viu os amigos e familiares reunidos, não queria voltar para casa. Ela morreu quatro dias depois dessa comemoração.

Dia 8 de novembro, aos 99 anos, de insuficiência respiratória, em Curitiba.

* * * * * Ademir Bandeira, 65 anos. Profissão: motorista. Filiação: Eduardo Bandeira e Teresa Bandeira. Sepultamento às 9h, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula, saindo da Capela Vaticano - Esmeralda.

Altino Ribeiro de Lima, 77 anos. Profissão: lavrador. Filiação: Maria Dores dos Santos. Sepultamento ontem.

Ana Lemes de Almeida, 99 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Estevan Duarte e Joana Lemes da Silva. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical, saindo de Igreja Evangélica Assembleia de Deus, no bairro Rosi Galvão, em Pinhais.

Ana Rosa Blatner, 77 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Manoel Blatner e Otília Maria Joana Blatner. Sepultamento às 11h, no Cemitério Jardim da Saudade I.

Ângela Braga Dohms, 77 anos. Profissão: do lar. Filiação: Antônio Nestor Braga e Maria Mucci. Sepultamento ontem.

Arnor Konschak, 71 anos. Profissão: agricultor. Filiação: Gustavo Konschak e Ana Frida Konschak. Sepultamento às 10h, no Cemitério Parque das Araucárias, em Colombo, saindo do Cemitério Municipal Boqueirão - capela 1.

Benedito Amilton de Lima, 49 anos. Profissão: guardião. Filiação: Zeferino de Lima e Jandira da Cruz de Lima. Sepultamento ontem.

Cecília de Jesus Milinhoff, 60 anos. Profissão: do lar. Filiação: Orlando Milinhoff e Catarina Manosso Milihnoff. Sepultamento às 13h, no Cemitério Paroquial Santa Felicidade.

Danilo da Silva Oliveira, 7 anos. Filiação: Márcia da Silva Oliveira. Sepultamento ontem.

Dirlei do Rocio Dalavechia dos Santos, 54 anos. Profissão: gerente de vendas. Filiação: Nicolau Dalavechia e Felestina Oliveira Dalavechia. Sepultamento às 10h30, no Cemitério Jardim da Paz, saindo da Primeira Igreja do Evangelho Quadrangular, no Centro Cívico.

Eduardo Henrique Pinheiro, 21 anos. Profissão: servente. Filiação: Sérgio Aparecido Pinheiro e Orosileia Alexandre de Mello. Sepultamento às 16h, no Cemitério Parque das Araucárias, em Colombo.

Elisabete Carneiro Guimarães, 62 anos. Profissão: do lar. Filiação: Antônio Cláudio Guimarães e Olinda Carneiro Guimarães. Sepultamento ontem.

Elmitis Pacheco Martins, 73 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Maria Bicudo do Amarante e Maurilia Pacheco do Amarante. Sepultamento ontem.

Fernando de Souza Pimentel, 35 anos. Profissão: mecânico. Filiação: Francisco Caetano Pimentel e Olga Souza Pimentel. Sepultamento ontem.

Francisco Corodel, 88 anos. Profissão: mestre de obras. Filiação: João Corodel e Regina Escorcim. Sepultamento ontem.

Genilson Ferreira de Moraes, 21 anos. Profissão: auxiliar de produção. Filiação: João Ronilson de Moraes e Zenilda Aparecida da Silva. Sepultamento ontem.

Hélio Benedito Fernandes Dias, 63 anos. Profissão: vendedor. Filiação: José Fernandes Dias e Anahyr Pereira Dias. Sepultamento ontem.

Iran Anderson de Souza, 35 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Nada Consta e Tereza de Souza. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal São Francisco de Paula.

Ivanilson Chaves dos Santos, 20 anos. Profissão: servente. Filiação: Marques José dos Santos e Lúcia Rodrigues Chaves. Sepultamento às 9h, no Cemitério Municipal São João Batista, em São José dos Pinhais.

Jandyra Reback Cava, 89 anos. Profissão: professora. Filiação: Alexandre Reback e Hercilia Reback. Sepultamento às 10h, no Cemitério Municipal do Água Verde, saindo do Cemitério Municipal São Francisco de Paula - capela 1.

José Antônio Martins do Rego, 60 anos. Profissão: pintor. Filiação: Joaquim Martins do Rego e Helena Vitória Martins. Sepultamento às 17h, no Cemitério Padre Pedro Fuss, em São José dos Pinhais, saindo da capela mortuária do Tatuquara.

José Carlito Vidolin, 72 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Alexandre Vidolin e Olivia Canastraro Vidolin. Sepultamento ontem.

José Dionísio dos Santos Filho, 43 anos. Profissão: operador de telemarketing. Filiação: José Dionísio dos Santos e Erondina Celeste Oliveira dos Santos. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo do Cemitério Municipal Água Verde - capela 2.

Lea Adilha Alves de Souza, 79 anos. Profissão: funcionário público estadual. Filiação: Ignácio Alves de Souza Filho e Anna Ferreira de Souza. Sepultamento ontem.

Leandro de Freitas Czypisny, 29 anos. Profissão: pintor. Filiação: João Carlos Czypisny e Abenilda de Freitas. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Boqueirão.

Licia Martins da Silveira, 85 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Estevam da Cunha e Generosa Martins de Melo. Sepultamento às 10h, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo do Cemitério Municipal Boqueirão - capela 2.

Luíza da Silva, 37 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Nemezio da Silva e Inaura Maria da Conceição. Sepultamento ontem.

Lydia Diva Ravaglio Pissaia, 81 anos. Profissão: do lar. Filiação: Eduardo Ravaglio e Zoraide Buhrer Ravaglio. Sepultamento ontem.

Mafalda Anna Bonato, 84 anos. Profissão: do lar. Filiação: Luiz Orso e Rosa Chiminello Orso. Sepultamento hoje, no Cemitério Paroquial de Umbará.

Maria José Nunes da Silva, 84 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Belarmino Santos e Maria das Dores do Socorro. Sepultamento ontem.

Maria Neusa Lima Zadurski, 66 anos. Profissão: agricultor. Filiação: José de Paula Lima e Maria Dolores Lima. Sepultamento ontem.

Marlene Aparecida Cabral Poletti, 68 anos. Profissão: funcionária pública municipal. Filiação: Benedicto Cabral e Maria Saturnino Cabral. Sepultamento hoje, no Crematório Perpétuo Socorro, em Campo Largo, saindo da capela municipal de Quatro Barras.

Narciso Veloso de Souza, 58 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Aderalso Veloso de Souza e Maria da Silva Gusmao. Sepultamento às 11h, no Cemitério Memorial da Vida, em São José dos Pinhais, saindo da capela São Rafael, no bairro CIC.

Orlando Faganello Neto, 50 anos. Profissão: motorista. Filiação: Hermínio Faganello e Noêmia Faganello. Sepultamento às 16h, em local a definir, saindo da capela do Cemitério Municipal de Videira (SC).

Regina Maciel, 70 anos. Profissão: do lar. Filiação: Orlando Fornarolli e Maria Luíza Fornarolli. Sepultamento às 14h, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical.

Renê Antônio da Rocha, 68 anos. Profissão: motorista. Filiação: Valdemiro Cordeiro da Rocha e Osminda Hamann da Rocha. Sepultamento ontem.

Roseli de Fátima Carneiro Danilau, 55 anos. Profissão: cobradora de ônibus. Filiação: José Marcondes Carneiro e Teresa do Espírito Santo Leiria Carneiro. Sepultamento ontem.

Sebastião Vidal Batista, 51 anos. Profissão: auxiliar de produção. Filiação: Tereza Vidal Batista. Sepultamento ontem.

Sueli do Rocio Guidolin, 59 anos. Profissão: do lar. Filiação: Vitor Solzki e Myssias Solzki. Sepultamento ontem.

Teruko Kondo, 97 anos. Profissão: do lar. Filiação: Takutaro Mitsuhashi e Massano Mitsuhashi. Sepultamento às 17h, no Cemitério Parque Iguaçu.

Vilarcy Dias Soares, 79 anos. Profissão: motorista. Filiação: José Dias Soares e Rosa Leite Soares. Sepultamento ontem.

Vitalina Godois Machado, 76 anos. Profissão: do lar. Filiação: Daniel Militão Godois e Izaura Machado. Sepultamento às 9h, no Cemitério Paroquial Colônia Orleans.

Voldemar Klassen, 55 anos. Profissão: empresário. Filiação: João Klassen e Anna Hamm Klassen. Sepultamento ontem.

Zildete Teixeira , 69 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Benedito Ribeiro e Alzira Santos Melo Ribeiro. Sepultamento às 17h, no Cemitério Municipal Água Verde - capela 1.

* * * * *As publicações neste espaço são gratuitas. Faça contato com a Central de Redação, pelo fone (041) 3321-5832, ou por e-mail obituario@gazetadopovo.com.br

As informações constantes na relação de falecimentos são fornecidas pelo Serviço Funerário Municipal. Fones: 3224-7707 e 3324-9313.

* * * * * Condolências

Deixe uma homenagem a um dos falecidos

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]