i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Lista de falecimentos - 23/03/2015

Gil Tadeu Cristani, o “Tio Gil”: o visionário do ‘x-pila’ e de outros negócios na fronteira

  • PorVacy Alvaro, especial para a Gazeta do Povo
  • 23/03/2015 03:00
 | Arquivo da família
| Foto: Arquivo da família

Um empreendedor visionário, batalhador e organizado ao extremo. Assim sempre foi Gil Tadeu Cristani, conhecido popularmente como “Tio Gil” em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Ele foi o idealizador de uma conhecida rede de lanches da cidade. Natural de Concórdia (SC), passou a infância e adolescência em Erechim (RS) antes de chegar à fronteira, em 1977.

O pensamento empreendedor nunca lhe permitiu cogitar ser funcionário de alguém. A primeira empreitada foi um mercado na Vila B – conjunto construído para abrigar engenheiros e chefias da Itaipu Binacional. Lá, foi sócio de uma pequena parte do negócio.

Depois disso, aproveitou o “boom” do crescimento de Foz durante a construção da Usina de Itaipu – quando a população quase quadruplicou entre as décadas de 70 e 80 – para montar uma banca de revistas na antiga Companhia Brasileira de Alimentos (Cobal), espécie de mercado municipal na época. O negócio deu tão certo que expandiu para a primeira livraria de Foz: a Renapel, na Rua Almirante Barroso. A loja de três andares serviu como palco para lançamentos de vários autores locais e regionais. Mais tarde a experiência culminou na organização da primeira Feira do Livro do município, realizada na terceira pista da Avenida JK.

Nesse período, Gil casou com Tânia e eles tiveram três filhos: Ana Lúcia, em 1979; Rafael, em 1981; e Gil, em 1983. Tudo ia bem até o casal sofrer um grave acidente de carro, em 1987, quando retornava de uma viagem a São Paulo. Tânia morreu na hora. O episódio foi um baque na vida do empresário. Cerca de um ano depois enfrentou uma nova tragédia: um curto-circuito no bebedouro foi a causa de um incêndio de grandes proporções na livraria. O seguro cobriu apenas parte dos prejuízos.

Desanimado, reformou e vendeu a livraria para tentar a sorte com um novo empreendimento, dessa vez longe dos filhos, que ficaram em Erechim aos cuidados dos avós. Abriu um posto de combustíveis no trevo próximo ao distrito de Relógio, região de Guarapuava. O negócio foi por água abaixo após os brasileiros passarem pelo episódio do bloqueio às poupanças durante o governo Collor. Para conseguir quitar as dívidas, reformou uma borracharia e transformou-a numa churrascaria.

A saudade dos filhos apertou e, em 1992, decidiu recomeçar a vida apostando, novamente, na venda de livros. A pequena Livropel até que se expandiu rapidamente, mas a estabilidade durou pouco. A quebra acarretou num prejuízo bem maior do que nas vezes anteriores. A fase difícil fez com que a família chegasse a passar necessidades. O filho Gil, por exemplo, só continuou no colégio particular após conseguir uma bolsa de estudos e tirar boas notas – além de manter o sangue frio para evitar brigas com os colegas que caçoavam de sua situação.

Serviço

As publicações neste espaço são gratuitas. Faça contato com a Central de Redação, pelo fone (041) 3321-5832, ou por e-mail obituario@gazetadopovo.com.br. As informações constantes na relação de falecimentos são fornecidas pelo Serviço Funerário Municipal. Fone: 3324-9313.

Foi então que surgiu a ideia de vender lanches. Com R$ 70, comprou um velho carrinho e começou a vender cachorro-quente no centro de Foz. Depois vieram os hambúrgueres preparados em casa. Os filhos ajudavam em tudo o que era possível.

O carrinho só foi deixado de lado após um ultimato da prefeitura. O primeiro espaço físico era do tamanho de uma vaga de estacionamento. A lanchonete se consolidou com o x-pila, um x-salada vendido a R$ 1, o qual agradava o público tanto pelo preço como pelo sabor. O negócio se consolidou com a segunda lanchonete, na Rua Santos Dumont e, recentemente, um quiosque na mesma rua. Com o esforço do pai, Ana Lúcia formou-se em Administração e Gil, em Enfermagem. Como legado, Gil deixou o empreendedorismo na veia dos três filhos, que hoje também levam a vida vendendo lanches.

Em 2004, uma nova paixão apareceu na vida de Gil: Laide, que conheceu na própria lanchonete. “Eu ajudava na cozinha. Gil era um homem rigoroso, mas de coração muito bom”, recorda. Dessa união vieram os filhos Thayla e Pedro, além de Vitória, que deve nascer em junho.

No dia 23 de dezembro do ano passado, Gil sofreu um enfarte e chegou a ficar na UTI. Meses depois, em 5 de março, teve um acidente vascular cerebral (AVC) e não resistiu. “Ele sempre dizia que iria morrer aos 60 anos”, lembra Ana Lúcia.

Deixa a esposa Laide, dois filhos dessa união, os três filhos do casamento com Tânia, seis netos e quatro irmãos.

Dia 5 de março, aos 60 anos, de acidente vascular cerebral (AVC), em Foz do Iguaçu.

Lista de falecimentos - 23/03/2015

Adão Folmann, 54 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Rozendo Thomaz Folmann e Maria Bernardina Folmann. Sepultamento ontem.

Albari Sales, 85 anos. Profissão: lavrador. Filiação: João Francisco Sales e Maria Luíza Sales. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo de local a ser designado.

Albertina Marquesi Ramalho, 97 anos. Profissão: do lar. Filiação: João Carlos Marquesi Júnior e Maria Pereira da Silva Marquesi. Sepultamento ontem.

Albino Santana, 81 anos. Profissão: office boy. Filiação: Regina Alves Feitoza. Sepultamento ontem.

Alekssandro Soares dos Santos, 20 anos. Profissão: auxiliar de produção. Filiação: Marlene Maria Soares dos Santos. Sepultamento hoje, saindo do Cemitério Municipal da Lapa.

Américo Anastácio da Costa, 58 anos. Profissão: pizzaiolo. Filiação: Joaquim Anastácio da Costa e Maria de Lourdes da Costa. Sepultamento ontem.

Ana Rodrigues Fortes, 17 anos. Filiação: Ivair Antônio Fortes e Antônia Rodrigues Fortes. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo de residência.

Anália Cabral de Faria, 79 anos. Profissão: do lar. Filiação: Brasilino Cabral de Faria e Cecília Costa Faria. Sepultamento hoje, saindo da Capela Vaticano - Jade.

Anna Clara Brisola de Oliveira, 1 ano. Filiação: Jeferson Batista de Oliveira e Isabela Rosa Brisola de Oliveira. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Boqueirão, saindo da capela 1.

Antônio Gimenes Filho, 61 anos. Profissão: pedreiro. Filiação: Antônio Gimenes e Helena Bueno da Silva Gimenes. Sepultamento ontem.

Antônio Sérgio Chagas Cardoso, 63 anos. Profissão: motorista. Filiação: João Maria de Mello Cardoso e Carmita das Chagas de Mello. Sepultamento ontem.

Augusto Baggio, 93 anos. Profissão: funcionário público federal. Filiação: Bernardo Baggio e Joanna Baggio. Sepultamento ontem.

Aydir Correa Vianna, 81 anos. Profissão: do lar. Filiação: Caetano Gomes e Escolástica de Freitas Correa. Sepultamento ontem.

Beatriz Ramos Canale, 70 anos. Profissão: contadora. Filiação: Albertyo Canale e Maria da Conceição Canale. Sepultamento ontem.

Boleslau Woitowicz, 82 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Francisco Woitowicz e Wladislava Woitowicz. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal do Boqueirão, saindo da capela 2.

Carlos Antônio Avila Bavera, 81 anos. Profissão: comerciante. Filiação: José Avila Gonzales e Maria Luisa Bavera de Avila. Sepultamento na quarta, 25 de março, às 16h, em local a definir, saindo do Cemitério Municipal de Assunção, no Paraguai.

Carlos Vilmar Machado, 57 anos. Profissão: motorista. Filiação: Osmario Machado e Aracy Seidel Machado. Sepultamento hoje, no Cemitério Paroquial São Marcos.

Catarina da Luz Willians, 90 anos. Profissão: do lar. Filiação: Emílio Justino da Luz e Silveria de Lima da Luz. Sepultamento ontem.

Cris Namu da Silva, 37 anos. Profissão: mecânico. Filiação: Leonor Marta da Silva. Sepultamento ontem.

Dora Stockler Pinto Sorrenti, 94 anos. Profissão: professora. Filiação: José Melo Pinto e Maria Stockler Pinto. Sepultamento ontem.

Edenia Borges de Paula, 79 anos. Profissão: do lar. Filiação: Antônio Borges da Costa e Antônia Rodrigues da Costa. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Senhor do Bonfim, em São José dos Pinhais, saindo do Cemitério Municipal do Água Verde - capela 3.

Edson da Silva Iankowski, 60 anos. Filiação: Boleslau Iankowski e Darvina da Silva Iankowski. Sepultamento ontem.

Emília Tracz, 79 anos. Profissão: do lar. Filiação: Nicolau Bahri e Maria Bahri. Sepultamento hoje, no Cemitério Ferraria, em Campo Largo, saindo do Cemitério Paroquial Campo Comprido.

Eva Guayanay de Castro, 51 anos. Profissão: auxiliar de cozinha. Filiação: Manoel Inácio de Castro e Elizabeth de Castro. Sepultamento hoje, no Cemitério Municipal Água Verde, saindo da capela 1.

Gilmar de Oliveira Paranhos, 32 anos. Profissão: mecânico. Filiação: Evaldino de Oliveira Paranhos e Marlene Paranhos. Sepultamento hoje, saindo da Capela Municipal de Tunas do Paraná (PR).

Hidra Giacomitti Vicentin, 85 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Giacomitti e Maria Sbrissia Giacomitti. Sepultamento ontem.

Idalina Madureira de Brito, 91 anos. Profissão: do lar. Filiação: Napoleão José Madureira e Joaquina Correa de Pontes. Sepultamento hoje, saindo de Igreja Evangélica Capão da Imbuia.

Ivone de Brito Rafael, 48 anos. Profissão: diarista. Filiação: Jonas Rafael e Maria de Brito Rafael. Sepultamento ontem.

Iwerson Pereira do Nascimento, 39 anos. Profissão: metalúrgico. Filiação: Antônio Pereira do Nascimento e Maria Ferreira do Nascimento. Sepultamento ontem.

Izabel Pinto Alves, 93 anos. Profissão: do lar. Filiação: Manoel Pinto e Lydia Pinto. Cerimônia hoje, no Crematório Vaticano, em Campina Grande do Sul, saindo da Capela Vaticano - Rubi.

Jaqueline Cotrim de Souza, 42 anos. Profissão: autônomo. Filiação: Luiz Franca de Souza e Amélia Maria Cotrim de Souza. Sepultamento ontem.

João Batista Penha Evangelista, 35 anos. Profissão: motorista. Filiação: Braz Alves Evangelista e Uberlinda da Penha Evangelista. Sepultamento na terça-feira, 24 de março, às 16h, em local a definir, saindo do Cemitério Municipal Bom Jesus, em Paraiso do Tocantins (TO).

João Batista Silvério, 67 anos. Filiação: Francisco Batista Silvério e Marieta Silvério de Jesus. Sepultamento ontem.

José Rodrigues da Silva, 78 anos. Profissão: eletricista. Filiação: João Cyrillo da Silva e Levina Rodrigues de Mello. Sepultamento ontem.

José Schwarz, 77 anos. Profissão: agricultor. Filiação: Augusto Schwarz e Ana Filippi. Sepultamento ontem.

Josefa Francisca Santos, 75 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Ferreira da Silva e Vicenza Francisca da Silva. Sepultamento ontem.

Laura Martins, 71 anos. Profissão: do lar. Filiação: José Purcote e Elisa Purcote. Sepultamento ontem.

Lourivalt Viecke Dias, 70 anos. Profissão: técnico radiologia. Filiação: Fortunato Dias e Adelaide Veiga Viecke Dias. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim da Paz, saindo do Cemitério Paroquial do Abranches.

Lucielio José dos Santos, 60 anos. Profissão: empresário. Filiação: Iria Santos de Oliveira. Sepultamento ontem.

Luiz Gilberto de Carvalho, 57 anos. Profissão: empresário. Filiação: José de Carvalho e Carmelina Ribeiro de Carvalho. Sepultamento ontem.

Manoel Pereira, 58 anos. Profissão: operador de máquinas. Filiação: João Maria Pereira e Maria Filomena Pereira. Sepultamento ontem.

Marciliano Tavares, 87 anos. Profissão: latoeiro. Filiação: José Manoel e Bertolina Tavares. Sepultamento ontem.

Maria José Pereira, 49 anos. Profissão: costureira. Filiação: Lúcio Pereira e Clara Pereira. Sepultamento hoje, no Cemitério Universal Necrópole Ecumênica Vertical, saindo da Capela Bairro Novo A, no Sitio Cercado.

Maria da Luz de Brito, 85 anos. Profissão: do lar. Filiação: Brandina Marqueza de Brito e Brandina Marqueza de Brito. Cerimônia hoje, Cemitério Vaticano, saindo da Capela Esmeralda - Vaticano, em Almirante Tamandaré.

Maria de Fátima da Silva Moraes, 52 anos. Profissão: assistente. Filiação: Laudelina da Silva Moraes. Sepultamento ontem.

Mário Teixeira Lopes, 67 anos. Profissão: comerciante. Filiação: Alipio Vieira Lopes e Gertrudes Teixeira Lopes. Sepultamento ontem.

Odette Kluber Wolkan, 100 anos. Profissão: do lar. Filiação: Gustavo Kluber e Leocadia Leonor Kluber. Sepultamento ontem.

Paulo Felicioni, 76 anos. Profissão: torneiro mecânico. Filiação: Pedro Felicioni e Vicentina Ribeiro da Silva. Sepultamento ontem.

Pedro Levandoski, 69 anos. Profissão: padeiro. Filiação: João Levandoski e Marta Levandoski. Sepultamento ontem.

Pedro de Azevedo, 40 anos. Profissão: açougueiro. Filiação: Oscar Miguel de Azevedo e Conceição de Oliveira de Azevedo. Sepultamento ontem.

Pedro de Souza Batista, 58 anos. Profissão: agente operações. Filiação: Lucidorio Batista e Maria Ilda de Souza. Sepultamento hoje, no Cemitério Jardim Independência, em Araucária, saindo de residência.

Reginaldo Estevam, 61 anos. Profissão: auxiliar de serviços gerais. Filiação: Evaristo Estevam Netto e Ruth Estevam. Sepultamento hoje, em local a definir, saindo da Capela da Luz - 2.

Samoel Teixeira, 36 anos. Profissão: servente. Filiação: Maria Teixeira. Sepultamento ontem.

Ubiratan Ulisses Tamandaré Barcellos, 76 anos. Profissão: dentista. Filiação: Gervásio Barcellos e Maria de Lurdes Pereira Jorge Barcellos. Sepultamento hoje, no Cemitério Parque Iguaçu.

Valdevina Schmidt, 76 anos. Profissão: do lar. Filiação: Apparecido Ramos dos Santos e Maria Isidora de Oliveira. Sepultamento ontem.

Vilson Luís Strey, 48 anos. Profissão: latoeiro. Filiação: Acacio Strey e Walli Strey. Sepultamento hoje, saindo de Igreja Quadrangular em Marechal Candindo Rondon (PR).

Vitor Klisievicz, 75 anos. Profissão: lavrador. Filiação: Adão Klisievicz e Suzana Klisievicz. Sepultamento ontem.

Wellington Wilian Lopes, 4 dias. Filiação: Douglas Tafarel Reuters Winter e Selma de Fátima Lopes. Sepultamento ontem.

Zenilda Xavier, 61 anos. Profissão: do lar. Filiação: Marcão Xavier da Cruz e Maria das Dores Teixeira. Sepultamento ontem.

Condolências

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.